Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Líder do governo entrega o cargo e presidente da Câmara desiste da reeleição em Canaã

Wilson Leite se diz decepcionado com o prefeito e Júnior Garra conta que já foi até ameaçado de morte e afirma que a vida de vereador é só dor de cabeça

Passados 10 meses desde que assumiu o cargo de líder do governo no Legislativo de Canaã dos Carajás, o vereador Wilson Leite (PDT) usou a tribuna na noite desta terça-feira (6) para comunicar a todos a sua decisão de entregar o cargo que servia de ponte entre os dois poderes. Alguns compromissos firmados pelo prefeito Jeová Andrade que até hoje estão sendo “empurrados com a barriga”, são, segundo o parlamentar, os principais motivos para a sua saída.

“Daquilo que havíamos combinado, quase nada foi feito. Então, em razão dos compromissos não cumpridos, eu não quero mais ser líder deste governo. Quero me apresentar diante do povo de cabeça erguida e me orgulhar daquilo que prometi. Até hoje não conseguiram tampar os buracos na cidade. A limpeza também não foi feita. Ninguém é obrigado a fazer compromisso, mas se o fizer, é bom que cumpra”, desabafou Leite. O ofício comunicando a decisão já foi encaminhado para o gabinete do gestor municipal. Até o momento, nenhum outro nome foi cogitado para ocupar o cargo que permanece vago.

Ainda durante a 35º Sessão Ordinária de 2018, entre indicações e discussões, o presidente da casa, Júnior Garra (PR), alegando ter recebido ameaças, aproveitou para comunicar aos presentes que não pretende se candidatar à reeleição em 2020. “O que eu quero é paz na minha vida e isso aqui é dor de cabeça. Fui ameaçado de morte duas vezes quando propus uma CPI para investigar os loteamentos da cidade”, justificou.

Deixe uma resposta