Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Educação de Jovens e Adultos realiza o 2º Sarau Literário em Parauapebas

O evento, que tem como objetivo fomentar a leitura e a escrita, além de ampliar o repertório literário, cultural e estimular a produção artística dos alunos

Com o tema “Arte, Música e Poesia”, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da educação de Jovens e Adultos (Eja), está realizando durante este mês o 2º Sarau Literário. O projeto tem revelado verdadeiros talentos nas sete escolas municipais envolvidas.

O evento, que tem como objetivo fomentar a leitura e a escrita, além de ampliar o repertório literário, cultural e estimular a produção artística dos alunos, conta com uma variedade de apresentações, exposições de trabalhos, como textos literários, varal de poesia, músicas, paródias, recitais e outros.

A programação foi aberta na noite da última quinta-feira, 08, pelos alunos da Escola Faruk Salmen, que em grande estilo expressaram artisticamente por meio da música, da literatura e do teatro o que aprenderam em sala de aula. O subtema desenvolvido foi “Viajando pelo Sertão”.

Carlos Antônio de Sá, 58 anos, aluno da 3ª etapa, ficou muito entusiasmado com o sarau e demonstrou toda a sua animação e talento ao recitar com os colegas de turma o poema “E agora, José?”, de Carlos Drummond de Andrade. “Eu passei 30 anos sem estudar e para minha surpresa encontrei uma equipe de professores sensacional. O estudo é a única coisa que ninguém poderá tirar de mim e tenho aprendido muito”, afirma o estudante, comentando que achou a temática abordada muito boa, pois acredita que o nordeste é o berço de toda nossa cultura.

Segundo Leonoura Brito Reis, técnica de Língua Portuguesa da EJA/Semed, o sarau, além de incentivar a leitura e a criatividade, valoriza os talentos dos alunos uma vez que eles podem se expressar e manifestar artisticamente. “Por meio da execução do projeto, fomentamos a leitura e a escrita. Nossos alunos tiveram maior contato com os vários elementos de linguagem e ampliaram o repertório literário. Além disso, descobrimos e valorizamos novos talentos”, destacou Leonoura.

Veja também:  Peça teatral com Maitê Proença atrai público em Parauapebas

De acordo com Sandra Alves, também técnica da EJA, os professores do primeiro segmento (1ª e 2ª etapas) trabalharam o gênero lírico poesia, pelo seu caráter humanizador e pela possibilidade de atender os diferentes níveis de aprendizagem dos alunos. O resultado foi considerado “esplêndido”.

NOITE CULTURAL

No dia 30 deste mês, haverá a culminância do projeto, ocasião em que as escolas participantes irão expor parte das atividades que foram desenvolvidas durante todo o ano em sala de aula, como roda de leitura, leitura compartilhada em voz alta, declamação de poesias, produção de textos, confecções de minilivros, leitura livre, interpretação oral, reescrita de história; e extraclasse, com produção de murais, dramatizações, danças, produções de painéis literários e realização de um sarau literário. O evento contará com a participação de cerca de 700 estudantes.

Depois de passar pelas escolas Faruk Salmen, Carlos Drummond de Andrade e Jean Piaget, o sarau será realizado nas escolas Terezinha de Jesus, nesta quarta-feira, 14; Olga da Silva, na quinta-feira, 15; Eunice Moreira, na sexta-feira, 16; e na Escola João Evangelista, no próximo dia 24.

Texto e fotos: Sandra Bispo

Deixe uma resposta