Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Jacundá

Crianças com necessidades especiais ganham tarde lúdica

Terapeuta ocupacional e fisioterapeuta dedicam tempo para orientar pais a prover melhor relacionamento com os filhos

A iniciativa de duas profissionais da área de saúde na cidade de Jacundá ofereceu momentos lúdicos com crianças portadoras de necessidades especiais. Elas ofereceram uma tarde de atividades para o favorecimento da inclusão e o desenvolvimento global dessas crianças.

Donas de uma clínica particular, as profissionais Uellyca Reis (fisioterapeuta) e Andressa Gusmão (terapeuta ocupacional) abriram as portas da clínica para um pequeno grupo de crianças com necessidades especiais e suas respectivas mães. A ação ocorreu na última quinta-feira, 11, com homenagem ao Dia das Crianças, comemorado hoje, sexta-feira.

“Realizamos a primeira socialização entre crianças com necessidades especiais em comemoração ao Dia das Crianças com o objetivo de abordar a importância que nossas crianças têm e mostrar que elas são anjos especiais, cada qual com sua limitação, e falar aos pais sobre a importância da fisioterapia e terapia ocupacional”, explica Uellyca, detalhando que o número foi reduzido por se tratar de crianças que necessitam de acompanhamento integral durante o tempo em que permaneceram na clínica.

Andressa ressalta que, atualmente, na cidade de Jacundá existem profissionais que atuam também nessa área de atendimento, especializados com crianças portadoras de necessidades especiais. “Promovemos em nossa cidade algo diferenciado, com diversas atividades lúdicas, brincadeiras, presentes, lanches e palestra sobre a importância do brincar para o desenvolvimento global da criança”.

Veja também:  Redenção realiza em novembro a 5ª Caminhada Passos que Salvam

A mãe Joana Silva a Santos aproveitou a ocasião para levar o pequeno Enzo Gabriel Silva Santos. “A nossa experiência com crianças especiais vem da labuta diária, mas a orientação de uma profissional nos permite dar  mais qualidade de vida a elas”.

Para as crianças com necessidades especiais, a Terapia Ocupacional visa à prevenção e tratamento das disfunções de origem física, mental, social ou do desenvolvimento, através de atividades em situações de vida reais e, ou, similares, priorizando a integração deles no convício social. E, a Fisioterapia é o princípio terapêutico responsável pela reabilitação física do indivíduo, proporcionando melhor qualidade de vida. Ela estimula o grau máximo de independência, dentro de cada limitação, prevenindo ou mantendo deformidades, auxiliando em quadros respiratórios agudo e crônicos e, se necessário, simultaneamente oferece estimulação visual, com altos contrastes em figuras e objetos, posicionados a distância e quadrante pré-determinados em avaliação.

Deixe uma resposta