Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Redenção

Chuva devastadora causa estragos e desabriga muitas famílias em Redenção

Várias pessoas tiveram casas alagas e pontes foram arrastadas pela enchente. Defesa Civil Nacional está enviando ajuda.

Uma forte chuva caiu na tarde da última segunda-feira (26) e deixou centenas de pessoas desabrigadas em vários bairros de Redenção. Foram mais de cinco horas de um temporal com jeito de “dilúvio”.

Em toda a cidade a água deixou rastros, casas ficaram alagadas, postes de energia elétrica caíram no chão, muros de residências desabaram com a correnteza e pontes foram carregadas pela enchente devastadora.

Em várias ruas da cidade os veículos ficaram parados, pois não tinham condições de seguir o trajeto. Mas mesmo diante das dificuldades, alguns se arriscaram a passar. Foi o caso de João Batista, que fundiu o motor do carro ao tentar transpor a enchente. “Pensei que não estava fundo e resolvi atravessar, porém meu carro apagou e fundiu o motor” lamentou o agricultor.

Na Avenida Bahia, entre os setores Átila Douglas e Jardim Primavera, cerca de 60 pessoas precisaram de ajuda para atravessar de um lado para outro. “Eu precisei continuar a caminhada, pois meu filho estava do outro lado da Avenida, vindo da Escola”, disse José Francisco.

Na noite de ontem (segunda-feira 26), vários voluntários saíram às ruas para levar comida, cobertor e roupas para quem ficou desobrigado. “Minha casa ficou tomada pela água, meu muro caiu e perdi todas minhas coisas”, relata Raimunda da Silva.

Elisangela, mora do setor Primavera, também ficou desabrigada e disse que sua casa ficou tomada pela água e fez uma súplica ao prefeito municipal, pedindo uma nova casa para mora. “Agora vou ficar com medo quando cair uma chuva”.

Temendo algo pior com a correnteza, na mesma noite uma família procurou abrigo no telhado da casa e todas as pessoas ficaram no teto até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Na manhã desta terça-feira (27), uma equipe da prefeitura percorreu toda a cidade, oferecendo serviço de assistência social às pessoas que foram afetadas pela enchente repentina provocada pela chuva.

Deixe uma resposta