Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Redenção

Caminhada Passos que Salvam leva centenas às ruas de Redenção

O evento, que está em sua 5ª edição, tem a renda arrecadada com a venda de kits revertida em favor do Hospital do Amor de Barretos, em São Paulo, que trata gratuitamente de pessoas de todo o País

Aconteceu na manhã do último domingo (25), em Redenção, a 5ª Caminhada Passos que Salvam, promovida pelo do Hospital de Amor de Barretos. Centenas de pessoas, entre jovens mulheres, crianças e idosos se reuniram por volta das 8h no Espaço Cultural da Avenida Brasil e de lá caminharam pelas principais avenidas da cidade durante mais de duas horas. Rosângela da Silva, que pela primeira vez participou da caminhada, aproveitou o momento para convidar a população, de modo geral, a participar nos próximos anos: “É importante a população participar. É melhor a gente ajudar do que ser ajudado, o câncer é muito traiçoeiro”.

O médico Cezar Paiva, participa da caminhada desde 2014 e falou ao Blog da importância do evento. “É um ato simbólico, tantas pessoas estão com câncer e isso é o mínimo que podemos fazer, contribuir com o hospital. Desde quando iniciou a Caminhada Passos que Salvam eu venho participando e espero em Deus que n ano que vem possa participar novamente”.

Segundo o coordenador voluntário Nilton Cezar, a Caminha Passos que Salvam é um projeto do Hospital de Amor de Barretos, que trata gratuitamente de pessoas com câncer. Na ocasião, ele agradeceu a todos os participantes. “Quero agradecer a Deus e todos que contribuíram, comprando os kits. Obrigado, Redenção, mais uma conquista realizada”.

Veja também:  Contra o câncer, centenas participam da Caminhada Passos que Salvam em Canaã

A 5ª Caminhada Passos que Salvam foi divulgada no mês de setembro e, de lá para cá, centenas de kits contendo bonés e camisetas foram vendidos. Toda a renda arrecadada será destinada à casa de saúde paulista para pesquisa, prevenção e tratamento de câncer infanto-juvenil.

O hospital atende hoje gratuitamente, por dia, 6 mil pacientes de todo o País, com consultas, exames, aplicações de quimioterapia, radioterapia e outros procedimentos. O custo mensal da casa de saúde para realizar todo esse atendimento é de R$ 33 milhões mensais. Porém, o SUS (Sistema Único de Saúde) repassa apenas R$ 11 milhões. Logo o déficit mensal é de 22 milhões.

Assim, o Hospital do Amor de Barretos sobrevive e possibilita com que milhares de pessoas acometidas de câncer sobrevivam com a ajuda de empresários, associações de classe, artistas e ações como a Caminhada Passos que Salvam e tantas outras que acontecem País afora.

 

Deixe uma resposta