Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Atlético Paraense perde para o São Francisco no Mangueirão e está eliminado da Segundinha

A equipe parauapebense não conseguiu segurar o Leão e voltou a perder para o time de Santarém

O sonho de subir para a elite do futebol paraense não se realizou e o Atlético Paraense está eliminado da Segundinha do Parazão. Em partida realizada na tarde deste domingo (11), no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém, o CAP saiu derrotado novamente para o São Francisco, desta vez pelo placar de 2 a 1.

O Leão marcou o primeiro gol logo aos 5 minutos do 1° tempo, com o meia Chaveirinho em cobrança de falta. O Atlético Paraense perdeu algumas chances para igualar o placar ainda na primeira etapa. No 2° tempo, após lançamento do goleiro Labilá diretamente para o ataque, o veloz Elielton pegou a bola, driblou Roger Kath e assinalou o segundo, aos 42 minutos. O CAP descontou com o gol do meia Kaká Mendes, aos 43 minutos.

Com o resultado, o São Francisco avançou para as semifinais da Segundinha do Parazão e vai aguardar o sorteio na Federação Paraense de Futebol (FPF), que será realizado nesta segunda-feira (12), às 15h30, para saber seu adversário. Além do São Francisco, os times do Paraense, Pinheirense e Tapajós, também estão classificados. Quem avançar para a final, garante vaga para a elite do Parazão 2019.

O jogo: Leão 2 x 1 Pantera

Precisando unicamente da vitória para buscar uma classificação para as quartas de final da Segundinha do Parazão, o Atlético foi para cima nos primeiros minutos. O time atleticano conseguiu dois escanteios consecutivos. No primeiro, Kaká Mendes cobrou uma bola venenosa e a zaga cortou pela linha de fundo e no segundo, Felipinho cobrou e o goleiro Labilá tirou de soco e afastou o perigo que rondada contra a meta do Leão. No contra-ataque do time de Santarém, o atacante Elielton partiu para cima do zagueiro Léo Azevedo, e recebeu uma falta mais forte. O árbitro Andrey da Silva e Silva não titubeou e  mostrou cartão amarelo para o defensor do CAP. O meia Chaveirinho cobrou a falta, a bola desviou na barreira e enganou o goleiro Roger Kath, aos 5  minutos, 1 a 0 São Francisco. O Pantera de Carajás não sentiu o gol e quase empatou, quando Kaká Mendes chamou a responsabilidade e chutou de longe, a bola passou assustando.

Outra vez Kaká Mendes e agora em cobrança de falta, na tentativa de mandar para área, a bola passou de todo mundo e foi para fora. Kaká Mendes mostrou ser o cara da partida, em um cruzamento dos pés do habilidoso atleta de CAP, Daniel tentou empatar de cabeça, mas mandou para fora. Em um contra-ataque da equipe atleticana, o meia Felipinho se apavorou e mandou um chute de fora da área, errando o alvo e perdendo a chance de uma boa jogada.

O CAP não desistia. Kaká Mendes cruzou na área e na sobra, Gugagol disparou e mandou muito mal, a bola foi para fora. Em mais um contra-ataque, o atacante Elielton foi parado com falta e o lateral-esquerdo Juninho do time de Parauapebas, acabou recebendo cartão amarelo. Chaveirinho tentou marcar de novo e na cobrança de falta, a bola explodiu na defesa e foi para escanteio. Na cobrança curtinha, Wendel passou para Elielton, que chutou e a bola tocou na zaga outra vez.

Veja também:  Atlético vence o Juventude e avança para a semifinal do Campeonato Municipal Feminino

O Tricolor do Norte deu o troco com o lateral-direito Léo Tuntun, que acreditou no lance, entrou na área e disparou, mas a bola foi para fora. Aos 31 minutos de jogo, o árbitro Andrey da Silva e Silva autorizou a chamada parada técnica, devido ao forte calor no Mangueirão. No retorno da partida, Gugagol e Daniel fizeram uma boa tabela, a bola ficou com Gugagol, que chutou muito alto. Foi o que de melhor aconteceu no 1° tempo.

Na etapa final, o São Francisco se arrumou em campo. Chaveirinho fez um carnaval na zaga do CAP e disparou para a grande defesa do goleiro Roger Kath. Na jogada seguinte, Chaveirinho novamente chutou e o goleiro Roger Kath defendeu e na sobra, Wendell disparou para fora. O Atlético tentou chegar com Chicão, que chutou e a bola tocou na zaga e ficou com o goleiro Labilá.

O tempo passava e o CAP buscava o empate. Felipinho chutou forte e bola passou perto. Em uma falta quase que frontal, Elielton cobrou a bola passou assustando contra a meta do Atlético. Matheus Broquinha da equipe de Santarém limpou a jogada, mas chutou para fora. O time de Parauapebas foi para o tudo ou nada. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Igor Soares tentou de cabeça, mas Labilá ficou com a bola. Em uma bola dentro da área, Kaká Mendes sozinho acabou isolando e perdeu a chance do empate.

A partida pegou fogo no final. O goleiro Labilá mandou um lançamento diretamente para o atacante Elielton, que recebeu passe na frente, se livrou do goleiro Roger Kath, e marcou um golaço, aos 42 minutos, 2 a 0, São Francisco. Na saída de bola, Kaká Mendes recebeu e bateu colocado sem chances para o goleiro Labilá, aos 43 minutos, era o gol de honra do CAP, 2 a 1. Wendell avançou pela direita e cruzou, ninguém do time do Leão do Tapajós chegou para marcar.

Com 5 minutos de acréscimos, o CAP ainda acreditava em um milagre no final. Luciano recebeu e chutou forte, a bola foi para fora. Final de jogo: Atlético Paraense 1 x 2 São Francisco. O Leão está nas semifinais da Segundinha do Parazão e o Atlético Paraense eliminado da competição estadual.

FICHA TÉCNICA

SÃO FRANCISCO: Labilá; Paulo Victor (Rayann), Carlinhos Rocha, Douglas e Emanuel; Charles, Boquinha, Wendell e Chaveirinho (Luan); Elielton e Anderson Balotelli (Matheus Broquinha). Técnico: Osvaldo Monte Alegre

ATLÉTICO PARAENSE: Roger Kath; Léo Tuntun, Igor Soares, Léo Azevedo e Juninho (Luciano); Chicão, Robert e Daniel (Lucas); Felipinho, Kaká Mendes e Gugagol (Kaio Paquetá). Técnico: Marcelo Cardoso

Árbitro: Andrey da Silva e Silva (PA)

Assistentes: Rafael Ferreira Vieira (PA) e Ederson Brito de Albuquerque (PA)

Quarto-árbitro: Alexandre Expedito Júnior (PA)

Cartões amarelos: Boquinha e Wendell (São Francisco); Léo Azevedo, Juninho e Felipinho (Atlético Paraense)

Gols: Chaveirinho, de falta, aos 5 minutos do 1° tempo e Elielton, aos 42 minutos do 2° tempo para o São Francisco; Kaká Mendes, aos 43 minutos do 2° tempo para o Atlético Paraense.

Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém

Por Fábio Relvas – Foto: Divulgação/São Francisco FC

Deixe uma resposta