TRE-PA indefere pedido de registro de candidatura de Claudio Almeida (PR)

140000000558Claudio Almeida (foto), candidato a deputado estadual pelo Partido da República não teve sucesso no julgamento de seu pedido de impugnação requerido pelo Ministério Público Eleitoral junto ao TRE-PA. 

Durante a sessão que se realizou na manhã desta quinta-feira (31) a maioria dos Desembargadores opinaram pelo indeferimento do pedido de registro de candidatura de Claudio Almeida, que, conforme noticiado aqui no Blog, teve suas contas da campanha de 2010 rejeitadas pelo mesmo TRE-PA.

Da decisão cabe recurso. Confira aqui a decisão de hoje.

Segundo a assessoria jurídica do candidato, ele pretende recorrer.

Franquia Clear Clean vai abrir unidade em Parauapebas no final de agosto

A rede de microfranquias de limpeza Clear Clean continua sua expansão em todo o território nacional, com a abertura de uma unidade em Parauapebas no próximo dia 25. A abertura da unidade, na Rua Rio de Janeiro nº 99, esquina. com a Rua Getúlio Vargas, no bairro Rio Verde,  se dará após um grande período de estudos e pesquisas de mercado realizadas pelos sócios empreendedores, Carlos Raiol e Hélio Souza.

clear-clean.still026

A Clear Clean é uma rede de franquias que atua no segmento de limpeza comercial. Entre os serviços oferecidos pela empresa destacam-se: sistemática que evita qualquer tipo de contaminação cruzada (com diferentes panos para cada ambiente); detalhes de hotelaria na limpeza, como fita indicando higienização do vaso sanitário; equipe devidamente identificada e uniformizada, formada por dois ou mais profissionais treinados em metodologia europeia; flexibilidade no agendamento de limpezas; e seguro de responsabilidade civil, caso algum bem seja danificado.

De acordo com Raiol, a unidade da Clear Clean Parauapebas irá suprir uma demanda da região carente por um serviço profissional de limpeza terceirizada. O novo franqueado espera alcançar um faturamento de cerca de R$ 150 mil no segundo ano de operação.

Parauapebas: Vigilância Sanitária interdita clínica odontológica

VSO Conselho Regional de Odontologia (CRO) e a Vigilância Sanitária de Parauapebas realizaram uma ação de fiscalização nesta quinta-feira (31). A ação aconteceu em Palmares Sul, resultando na interdição de uma clínica odontológica.

No local, denominado Clínica Sorriso Feliz, as pessoas eram atendidas por um protético que se passa por dentista colocando em risco a vida dos pacientes. A clínica trabalhava com uma forte propaganda oferecendo serviços de restauração, clareamento, dentadura, canal e limpeza.

Os moradores da comunidade contaram que já desconfiavam da legalidade do local e principalmente do dentista. Segundo pessoas atendidas pelo protético, muitas vezes ele pedia para fazer exames de Raio-X no posto de saúde da comunidade e seus tratamentos custavam caro.

O falso dentista foi pego em flagrante e encaminhado à delegacia para prestar depoimento. O consultório, que funcionava na própria residência do falso odontólogo sem alvará da Vigilância Sanitária, foi interditado.

VS1

O presidente do Conselho Regional de Odontologia, Roberto Pires, explicou que o caso caracteriza exercício ilegal da profissão, colocando a vida das pessoas em risco, pois a pessoa não possui formação em odontologia, não conhece os métodos de segurança, como a esterilização adequada para os materiais e o risco de disseminação de doenças como hepatite.

“No caso dele que é registrado como protético, a lei de 1967 é clara, o protético não pode divulgar o trabalho ao público em geral, não pode possui instrumentos de uso de exclusividade de dentista. Isso caracteriza exercício ilegal da profissão que está no código penal”, explicou o presidente.

Em Parauapebas são cerca de 150 profissionais registrados no Conselho. No entanto, o município possui um alto índice de profissionais não legalizados. Segundo a Vigilância Sanitária, para coibir o funcionamento ilegal de clínicas e consultórios odontológicos são realizadas fiscalização regularmente.

Fonte: ASCOM PMP

Investimentos da Vale no Pará chegam a US$ 2,6 bilhões no 1º semestre

A Vale investiu, entre investimentos e custeio, US$ 2,6 bilhões no Pará nos primeiros seis meses de 2014. Na área socioambiental, o investimento da empresa foi de  US$ 70,3 milhões no semestre, 6% a mais que no mesmo período do ano passado.

Minerais ferrosos:

Serra Leste, a planta de processamento a seco da Vale (Curionópolis), está em fase final de teste. O projeto  Ferro Carajás S11D (incluindo mina, usina e logística – CLN S11D) alcançou 32% de avanço físico agregado no segundo  trimestre deste ano. Nesse período, a Vale iniciou a montagem das bases pré-moldadas do transportador de correias de longa distância, concluiu a moagem e o peneiramento secundário para as fundações da planta.

Metais Básicos

No segundo trimestre deste ano, o segmento de metais básicos concluiu sua principal expansão de crescimento para os próximos anos. Salobo II  foi entregue dentro do prazo. A expansão aumentará a capacidade de produção de cobre do Salobo em 100%, passando de 100 mil toneladas por ano para 200 mil toneladas por ano. A primeira produção  de concentrado de cobre do Salobo II ocorreu no inicio de junho passado.

Produção

A Vale produziu 79,4 milhões de toneladas de minério de ferro no segundo trimestre, a melhor performance para este período, com ganhos em todos os sistemas na comparação com o primeiro trimestre. A produção no primeiro semestre de 2014 totalizou 150,5 milhões de toneladas, 15,1 milhões de toneladas acima do primeiro semestre de 2013.

Em Carajás (Parauapebas), a produção foi de 29,3 milhões de toneladas de minério de ferro, um novo recorde para um segundo trimestre, superando em 25,3% o primeiro trimestre deste ano e em 33,7% o mesmo período do ano passado. O bom desempenho operacional se deve a melhores condições climáticas e ao início das operações da nova usina de Carajás.

A produção de manganês da Vale alcançou 505 mil toneladas no trimestre, com 370 mil toneladas produzidas somente pela Mina do Azul, também localizada no Complexo de Carajás, um aumento de 11,4% em comparação com trimestre anterior.

Já o volume de cobre contido em concentrado produzido pela empresa no trimestre foi de 81 mil toneladas. O Pará responde por mais da metade do total, com 26,5 mil toneladas produzidas pela Mina do Sossego (Canaã dos Carajás) e 19,7 mil toneladas pelo Salobo (Marabá).

A produção de níquel atingiu 61,7 mil toneladas no trimestre. Em Onça Puma(Ourilândia do Norte), o volume de níquel contido em ferroníquel produzido foi de 5,2 mil toneladas, mantendo aproximadamente 85% de sua capacidade nominal.

As informações são da Assessoria de Imprensa da Vale.

Guarda Municipal de Parauapebas realiza última fase da primeira etapa do concurso

Candidatos aptos participarão da avaliação psicológica que ocorre de 03 a 08 de agosto

Está disponível no site da Fundação CETAP (www.fundacaocetap.com.br), o edital específico de convocação para avaliação psicológica com a lista dos candidatos aptos à terceira fase da primeira etapa do concurso para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva para o Curso de Formação da Guarda Municipal de Parauapebas. As avaliações serão, em local e horário, divulgados pela instituição.

Esta fase será realizada por meio de avaliação psicológica e entrevista individual, ambas no Centro Universitário de Parauapebas (CEUP), sito na Rua “A” QD. LT. Especial, s/n, realizadas no período de 3 a 8 de agosto, conforme horário divulgado em edital. O candidato deverá comparecer no local de realização dos Testes Psicológicos e da Entrevista Individual com antecedência mínima de 60 (sessenta) minutos do horário previsto para início da mesma, portando documento oficial de identidade.

O concurso oferta 150 vagas, sendo 120 para público masculino e 30 para feminino.  O resultado final definitivo da primeira etapa (após a conclusão das três fases) do concurso para o Curso de Formação de Guarda Municipal de Parauapebas está previsto para o dia 03 de setembro, juntamente com a convocação para a segunda etapa do certame, que será realizada pela Prefeitura do município. Após a conclusão do Curso de Formação da Guarda Municipal, será divulgado o edital com a relação dos alunos aprovados que serão oportunamente, convocados para tomarem posse no cargo.

Rapidinhas

Prorrogação IPTU
A Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz), informa a todos os contribuintes do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) que o prazo para o pagamento do imposto foi prorrogado para o dia 15 de agosto.

Microempreendedorismo
De acordo com a Junta Comercial do Pará (Jucepa), nos primeiros seis meses de 2014 foram abertos 18.627 novos negócios no estado, e 13.581 estão classificados como microempreendedor. Desde a implantação do microempreendedorismo em 2008, mais de 4 milhões de trabalhadores autônomos já foram inscritos no Brasil, cerca de 110 mil só no estado do Pará, com 31.216 registrados em Belém. As áreas mais procuradas são as de comércio, indústria e serviços.

Volta às aulas
Cerca de 51 mil alunos da rede pública municipal estarão de volta às salas de aula na próxima segunda-feira (04) em Parauapebas. O município tem cerca de 2.500 professores lotados nas 63 escolas distribuídas nas áreas urbana, rural e indígenas. Nas zonas urbana e rural o ano letivo terminará no dia 11 de dezembro. Já nas áreas indígenas, a data é 19 de dezembro.

Adiado
Segundo a Semed, quatro escolas da educação infantil terão o início das aulas adiado em alguns dias por estarem passando por reformas. São elas: Gente Inocente (bairro Guanabara), Criança Esperança (Primavera), Vovó Ana (Altamira) e Turma da Mônica (Liberdade).

Superintendência
Foi criada ontem (30) a Superintendência de Polícia Civil de Parauapebas, que coordenará as unidades de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Eldorado dos Carajás. O delegado Marcelo Delgado assumiu hoje a superintendência. Ele estava a frente da DECA Redenção e trabalhava direto com a Superintendência do Araguaia paraense, sob o comando do delegado Antônio Miranda.

Marabá
A Prefeitura de Marabá realiza nesta sexta-feira (1º), a entrega de ambulâncias para servirem à Secretaria Municipal de Saúde – SMS. Três delas serão destinadas ao transporte de pacientes que carecem de tratamento em outros municípios, sendo que uma delas estará equipada como unidade de terapia intensiva. Além disso, o Hospital Municipal de Marabá receberá duas ambulâncias e o Hospital Materno Infantil receberá um desses veículos.

Marabá II
A entrega será feita pelo Prefeito João Salame Neto e pelo Secretário de Saúde, Dr. Nagib Mutran, a partir das 10h, no pátio da sede da SMS, na Av. Transamazônica, S/N, na Agrópolis do Incra. Contamos com a participação deste importante veículo de comunicação e desde já agradecemos a divulgação do evento.

Licitação
De janeiro a julho de 2014 a Secretaria de Obras de Parauapebas enviou 76 processos licitatórios para a Comissão de Licitação. Destes, pasmem, apenas 10 processos foram concluídos. Os outros estão parados aguardando despachos na Procuradoria Geral do Município ou na CPL. Vários contratos estão se encerrando nos próximos dias, e, se não houver uma força tarefa da CPL para despachar os pedidos da Semob, a cidade que é hoje o maior canteiro de obras do Estado pode ter vários delas paralisadas.

Pesquisa
Pelo menos quatro candidatos do município encomendaram pesquisas para consumo interno em Parauapebas para saber como agir na hora de subir no palanque para pedir voto ao eleitor. Eles querem saber, além de a quantas anda o conhecimento da população em relação a seus nomes, como a população vem avaliando o governo Valmir Mariano. Se os resultados forem positivos estarão no palanque com o prefeito, se não, vão descer a lenha na gestão. É aquela velha e conhecida maneira de fazer política dizendo apenas o que o povo quer ouvir.

Josineto Feitosa
O segundo semestre começa amanhã na Câmara de Vereadores de Parauapebas, todavia ele não deverá ser nenhum melzinho na chupeta para o presidente Josineto Feitosa. Várias denúncias de irregularidades chegaram até o conhecimento do Ministério Público e estão sendo ali investigadas.  De férias, o presidente deverá passar pelo Maranhão para receber uma dose extra de “Comigo ninguém pode” para poder suportar o que virá. E olha que vem coisa pesada por aí. É só aguardar!

Lucro de quase US$1,5 bi
Vale registrou lucro líquido de US$ 1,428 bilhão no segundo trimestre deste ano, alta de 236,8% em relação aos US$ 424 milhões do mesmo período do ano passado. Na comparação com o primeiro trimestre deste ano, quando somou US$ 2,515 bilhões, houve redução de 68,6%. As informações são do relatório de resultados financeiros trimestrais, divulgado nesta quinta-feira (31).

Eleições 2014 – Calendário Eleitoral : 31 de julho

Eleições 2014

(66 dias antes)

Data a partir da qual, até o dia do pleito, o Tribunal Superior Eleitoral poderá requisitar das emissoras de rádio e de televisão até 10 minutos diários, contínuos ou não, que poderão ser somados e usados em dias espaçados, para a divulgação de seus comunicados, boletins e instruções ao eleitorado, podendo, ainda, ceder, a seu juízo exclusivo, parte desse tempo para utilização por Tribunal Regional Eleitoral (Lei nº 9.504/97, art. 93).

 

GSK anuncia pedido regulatório à UE para a vacina contra a malária

Avaliação do pedido é realizada pela EMA em colaboração com a OMS

A GSK, empresa da área farmacêutica e da saúde, anuncia a apresentação de um pedido regulatório à Agência Europeia de Medicamentos (EMA na sigla em inglês) para sua vacina candidata contra a malária RTS,S. A apresentação do pedido observará o procedimento do Artigo 58, que permite a EMA avaliar a qualidade, segurança e eficácia de uma vacina candidata, ou medicamento, fabricado em um estado-membro da União Europeia (UE) para uma doença reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de grande interesse público da saúde, porém pretendida para uso exclusivo fora da União Europeia.

MalariaMapA avaliação do pedido é realizada pela EMA em colaboração com a OMS, e exige que os produtos atendam os mesmos padrões de vacinas ou medicamentos pretendidos para uso na UE. A elegibilidade do pedido foi concedida pela CHMP (Comitê de Produtos Medicamentosos de Uso Humano) após a OMS ter concordado que a RTS,S atendia os critérios para a referida avaliação.

A RTS,S deverá ser exclusivamente utilizada contra o parasita da malária, Plasmodium falciparum, mais predominante na África Subsariana (SSA). Cerca de 90% das mortes estimadas com malária ocorrem na SSA, e 77% em crianças menores de cinco anos de idade.

A apresentação do pedido à EMA é o primeiro passo no processo regulatório para tornar a vacina candidata RTS,S disponível como adicional às ferramentas atualmente existentes recomendadas na prevenção contra a malária. Uma vacina eficaz para uso além de outras medidas, tais como mosquiteiros e medicamentos antimaláricos representariam um avanço no controle da malária. Até hoje, não existe uma vacina licenciada disponível na prevenção contra a doença.

Caso o parecer da EMA seja favorável, a OMS indica que uma recomendação sobre política talvez seja possível no final de 2015. A recomendação sobre política é um processo formal de revisão da OMS destinado a auxiliar no desenvolvimento de cronogramas de imunização otimizada para doenças que exercem um impacto na saúde do público global, tais como a malária.

O parecer favorável da EMA também serviria de base para pedidos de autorização para comercialização junto às Autoridades Reguladoras Nacionais (NRAs) dos países da África Subsaariana. A revisão por parte de uma agência europeia de medicamentos é exigida pela maioria dos países africanos antes do registro de um produto medicinal fabricado na Europa. Se positivo, essas decisões regulatórias ajudariam a traçar os passos em direção à implantação em larga escala da vacina por meio de programas nacionais africanos de imunização.

maxresdefaultDra. Sophie Biernaux, Chefe da Franquia Vacina contra a Malária da GSK afirma “este é um momento muito importante na história de 30 anos da GSK para desenvolver a vacina RTS,S e significa um passo adiante no sentido de disponibilizar uma vacina mundial que pode ajudar a proteger as crianças africanas contra a malária.”

Dados referentes à fase III do programa teste da vacina conduzido em 13 centros de pesquisa africanos, em oito países africanos (Burkina Faso, Gabão, Gana, Quênia, Malawi, Moçambique, Nigéria e Tanzânia), incluindo mais de 16.000 crianças e adolescentes, também foram incluídos para corroborar o pedido.
RTS,S é o nome científico dado à vacina candidata contra a malária e reflete a composição desta vacina candidata que também contém o sistema adjuvante AS01ii. O objetivo da RTS,S é acionar o sistema imune do corpo humano para se defender contra o parasita da malária, P falciparum, quando entra primeiro na circulação sanguínea do hospedeiro humano e/ou quando o parasita infecciona as células do fígado.

Fonte: Administradores.com

TRE-PA nega a Paulo Rocha o pedido de registro de candidatura ao Senado

downloadO Tribunal Regional do Pará indeferiu o pedido de registro de candidatura do ex-deputado federal Paulo Roberto Galvão da Rocha, do PT.

Por 3 votos a 2, o TRE-PA julgou procedente o pedido de impugnação do Ministério Público Eleitoral, que alegou não ser possível a candidatura de Rocha, pois ele teria renunciou ao mandato de deputado federal em 2005, para escapar a um processo por quebra de decoro, após ser acusado de envolvimento no escândalo do mensalão. Votaram pelo indeferimento do registro da candidatura o relator, desembargador Raimundo Holanda Reis, e os juízes Ezilda Pastana Mutran e Ruy Dias de Souza Filho. Divergiram do relator e votaram, portanto, pelo deferimento do registro os juízes Marco Antônio Lobo Castelo Branco e Mancipor Oliveira Lopes.

Paulo Rocha solicitou registro para concorrer à vaga de senador pela Coligação Todos pelo Pará, composta por PMDB, PT, DEM, PC DO B, PHS, PSL, PROS, PDT, PPL, PTN, PR.

A defesa do ex-deputado vai recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para tentar reverter a decisão.

Nas eleições de 2010 Paulo Rocha também concorreu a uma vaga no Senado, mas também teve seu pedido de registro indeferido pelo TRE-PA e concorreu com recurso. Na época o petista teve 1.733.376 votos, ficando em terceiro lugar, atrás do tucano Flexa Ribeiro e do peemedebista Jáder Barbalho.

Onze candidatos concorrem a vaga de senador pelo Pará nas eleições de outubro próximo. Desses, apenas Mario Couro (PSDB), Jefferson Ely Vale de Lima (PP) e Simão Hernan Berdayan (PV) tiveram seus pedidos de registro de candidatura deferidos pelo TRE-PA até o momento.

Pará quer conhecer perfil da demanda turística

turismoA Secretaria de Turismo do Pará finaliza no próximo sábado (2) uma pesquisa que pretende identificar o perfil sócio-econômico dos viajantes que visitam as seis regiões turísticas do Estado: Belém (pólo Belém), Salinópolis (Amazônia Atlântica), Soure e Salvaterra (Marajó), Marabá (Araguaia Tocantins) e Altamira (Xingu) – o trabalho será realizado ainda em Santarém (Tapajós), em outubro.

Segundo comunicado da Setur-PA, serão aplicados 2,1 mil questionários por 18 pesquisadores trilíngues com o objetivo de “subsidiar informações que permitam aumentar a eficácia das estratégias e ações que a secretaria define no planejamento turístico”.

“No final do ano, pretendemos apresentar os números dos Indicadores de Turismo no Pará, não somente com os dados globais do Estado, mas também publicá-los separados pelos nossos seis pólos, com suas especificidades e características locais”, explica o estatístico e coordenador de Estudos, Pesquisas e Informação da Setur-PA, Admilson Alcântara.