Category Archives: Parauapebas

II Conferência Municipal de Habitação será realizada nesta sexta-feira (5)

A III Conferência Municipal de Habitação, que nesse ano traz o tema “Moradia digna: desafios e perspectivas” será realizada nesta sexta-feira (5), no auditório do Centro Universitário de Parauapebas (Ceup). O evento tem como finalidade propor diretrizes para políticas públicas habitacionais do município, assim como eleger a nova composição do conselho do fundo de habitação, para o biênio 2014/2015.

A programação iniciará às 07h30 com o credenciamento, e às 8 horas ocorrerá a abertura oficial do evento com a composição da mesa. A comissão organizadora da conferência conduzirá os trabalhos que seguirão com a apresentação do texto base e metodologia, assim como dos técnicos que farão a exposição dos painéis e coordenarão as discussões.

Os participantes serão distribuídos em quatro grupos para tratar dos assuntos relacionados à habitação de interesse social de acordo com os seguintes eixos: fortalecimento do controle social; financiamento da habitação de interesse social; produção de moradia e regularização fundiária; programa do governo federal e municipal (cadastro social).

Na oportunidade a secretária de Habitação, Maquivalda Barros, fará uma apresentação dos avanços da política habitacional de interesse social em Parauapebas. Na parte da tarde as propostas serão aprovadas pela plenária, e logo em seguida os delegados das entidades sem fins lucrativos e dos movimentos populares elegem novos componentes do Conselho do Fundo Municipal de Habitação.

Serviço: III Conferência Municipal de Habitação

Data: 05 de setembro

Hora: 7h30 às 18h

Local: Auditório do CEUP

Comitê Municipal do Pacto Todos pela Educação do Pará define ações a serem realizadas

Membros do Comitê Municipal do Pacto Todos pela Educação do Pará se reuniram na última segunda-feira (1º) no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semed) com a finalidade de definir ações a serem realizadas no município, objetivando o cumprimento de metas estabelecidas pelo programa.

Uma das ações definidas durante a reunião foi o lançamento oficial do Pacto em Parauapebas, marcado para 20 de setembro, dia em que também ocorrerá, em toda a rede municipal de ensino, o terceiro encontro da Família na Escola de 2014.

DSC_0044

A secretária de Educação, Juliana de Souza, que integra o Comitê Gestor Municipal, relata que a finalidade maior da realização do Dia do Pacto pela Educação na Escola é fazer com que a comunidade escolar externa passe a conhecer a proposta do Pacto e sinta-se parte integrante desse movimento. “O Pacto é um compromisso com metas, estratégias e resultados, que a sociedade precisa conhecer e aderir para que de forma integrada possamos alcançar melhorias na qualidade do ensino e da aprendizagem”, afirma Juliana de Souza.

Ainda segundo a secretária, no Dia do Pacto pela Educação na Escola ocorrerão palestras informativas para a comunidade escolar interna e externa sobre o que é o Pacto, suas metas e desafios. Serão mobilizados estudantes e profissionais da educação em atividades e serviços em prol desse objetivo, além das atividades desenvolvidas normalmente no Dia da Família na Escola.

Comitê Municipal
Formado por 14 representantes dos diversos segmentos da sociedade parauapebense, o comitê possui como principais atribuições articular as ações do Pacto no Município com as ações previstas no Plano Municipal de Educação; mobilizar recursos locais que possam complementar ou qualificar estas ações; e monitorar sua execução e acompanhar seus resultados.

O pacto
O Pacto é um esforço liderado pelo Governo do Estado, com a integração de diferentes setores e níveis de governo, comunidade escolar, sociedade civil organizada, iniciativa privada e organismos internacionais, objetivando promover a melhoria da qualidade da educação no Pará e, assim, tornar o Estado uma referência nacional na transformação da qualidade do ensino público. A meta é aumentar em 30% o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) em todos os níveis do ensino, até 2017.

Texto e fotos: Messania Cardoso/SEMED/ASCOM

No Pará, casos de malária reduzem 66% de janeiro a agosto de 2014

Em 2013 foram 23.190 casos; este ano o número caiu para 7.909.
Pará ainda figura no 3° lugar entre os estados com maior número de casos.

bds-030914-diminuicao_malaria O Pará reduziu em 66% os casos de malária no período de janeiro a agosto de 2014, em dados comparativos aos oito primeiros meses do ano passado. As informações foram divulgadas pela Secretaria de Estado de Saúde (Sespa): foram 7.909 casos registrados este ano contra 23.190 em 2013.

Segundo   a Sespa, para ajudar no combate à doença foram implantadas mais de 800 Unidades de Diagnóstico e Tratamento (UDT) em todo o território paraense, e equipes de campo estão equipados com motos, carros e utilizando microscópios que ajudam a detectar o quadro de malária.

Outra ação utilizada na prevenção da doença foi a distribuição de 180 mil mosquiteiros gratuitos. A partir da adoção dessas medidas, o Pará caiu no ranking brasileiro com maior número de casos da malária, mas ainda figura no terceiro lugar, ficando atrás do Amazonas e Acre.

O médico infectologista Bernardo Cardoso, coordenador Estadual de Controle de Doenças Transmissíveis por Vetores da Sespa, é responsável po esse trabalho. Ele é bastante otimista quanto aos futuros balanços no Pará. “O meu objetivo é erradicar a malária em todo o Estado”, afirmou.malaria13

Estados
Cinquenta e nove dentre 144 municípios paraenses não apresentaram nenhum registro de malária em 2014 e, nos outros, apenas um caso foi relatado. As cidades que ainda são motivo de preocupação no estado são Afuá, Anajás, Alenquer, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso e São Félix do Xingu.

Malária
A doença prevalece em países de clima tropical e subtropical. O vetor da doença é o anofelino (Anopheles), mosquito parecido com o pernilongo, que pica as pessoas principalmente ao entardecer e à noite. A doença também pode ser transmitida por transfusão de sangue contaminado, através da placenta (congênita) para o feto e por meio de seringas infectadas. A Amazônia é a região do Brasil onde ocorrem 98% dos casos de malária.

Sintomas
Febre alta, calafrios intensos que se alternam com ondas de calor e sudorese abundante, dor de cabeça e no corpo, falta de apetite, pele amarelada e cansaço são os principais sintomas. Dependendo do tipo de malária, esses sintomas se repetem a cada dois ou três dias.

Fonte : g1

Resultado Mega Sena 1632 – um ganhador

image

Rede municipal de saúde oferece novo serviço de odontologia à população

dentist 1A população de Parauapebas já pode contar com mais um serviço odontológico na rede municipal de saúde. Trata-se da especialidade de endodontia (tratamento de canal), que agora é realizado nos dentes posteriores, pois antes o tratamento era apenas nos dentes centrais.

Para ofertar o serviço, a rede municipal de saúde ganhou equipamentos de alta tecnologia, chamado lima rotatória, o que há de mais moderno na área de odontologia. Além de novas cadeiras odontológicas, raio x e profissionais especialistas na área. O serviço está sendo ofertado desde o mês de agosto para a população das zonas urbana e rural.

Na zona urbana, o serviço está disponível no Centro de Especialidades Integradas (CEI) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos bairros Liberdade I, Guanabara e Casas Populares II. Na zona rural, as UBS das vilas Palmares II e Paulo Fonteles já realizam o tratamento.dent 3

A endodontista e especialista em canal, Caroline Lopes, explica que antes o tratamento de canal era demorado, realizado em várias sessões e com equipamentos manuais. O novo equipamento modernizou e agiliza o tratamento.

“Esse aparelho é o lançamento na área de odontologia, otimiza o tempo, traz conforto para o paciente e facilita o trabalho do profissional.  O tratamento de canal dos dentes posteriores é um grande ganho para os pacientes que hoje estão na faixa etária de 11 a 16 anos de idade”, destaca a especialista.

De acordo com o coordenador municipal de Saúde Bucal, Marco Aurélio, com esse novo serviço especializado a população tende a perder menos elemento dentário, pois o serviço visa recuperação ao invés da extração.  Além desse novo serviço, a população do município conta com uma rede de atendimento odontológico totalmente gratuito.

dent 2São 19 consultórios distribuídos nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Liberdade I e II, Guanabara, Da Paz, Altamira, Jardim Canadá, Rio Verde, Cidade Nova, Novo Brasil, Palmares Sul e Centro de Especialidades Integradas (CEI) e também nas vilas Paulo Fonteles e Palmares II. Serviços como restauração, limpeza, extração, raspagem periodontal e tratamentos de canal estão disponíveis na rede municipal de saúde.

Fonte : Ascom

Eleições 2014 – Calendário Eleitoral : 3 setembro

2014

(32 dias antes)

Último dia para os candidatos, partidos políticos ou coligações substituírem a foto e/ou dados que serão utilizados na urna eletrônica (Resolução nº 23.373/2012, art. 71, § 3º e Resolução nº 23.221/2010, art. 61, § 3º e § 4º).

Polícia Federal faz operação de busca e apreensão de documentos na prefeitura de Parauapebas.

0_pc_4976550555405bb186871d6.38710892Munidos de um mandado de busca e apreensão, solicitado pelo Ministério Público Federal, oito agentes da Polícia Federal estiveram hoje, 02, pela manhã no prédio da Prefeitura de Parauapebas no Morro do Ventos.

Segundo as primeiras informações, trata-se de uma investigação para apurar supostas irregularidades em uma licitação ocorrida em 2013 que visava a contratação de transporte escolar para os alunos da rede pública municipal de Parauapebas, ainda nos primeiros meses do governo Valmir Mariano, quando a secretária de educação era Francisca Ciza.

Os agentes recolheram alguns documentos na Semed e na Comissão de Licitação do município.

A Assessoria de Comunicação de Parauapebas emitiu uma nota esclarecendo os fatos ocorridos no prédio da PMP. Confira a nota:

Sobre a ação da Polícia Federal, ocorrida nesta terça-feira (02), a Prefeitura de Parauapebas esclarece que a PF esteve no Prédio Administrativo, cumprindo diligência referente ao processo de nº 5008-36.2014.4.01.3901, cujo objeto é a locação de transporte escolar do primeiro quadrimestre de 2013.

Ressaltamos que todas as solicitações feitas pelo Ministério Público Federal referentes a este processo foram atendidas oportunamente.

O governo municipal busca trabalhar de forma transparente, pautado no compromisso com o recurso público, portanto, está à disposição da Justiça para quaisquer esclarecimentos referentes a esta ação judicial.

Prefeitura Municipal de Parauapebas
Assessoria de Comunicação Social

Atualização às 11h40

Concluída a operação, o delegado da Polícia Federal, Antônio Carlos Cunha de Sá concedeu entrevista à imprensa local esclarecendo sobre a ação. Confira o áudio produzido por Laércio de Castro para o Programa Conexão Carajás, da Rádio Liderança FM:

Eleições 2014 – Calendário Eleitoral : 2 setembro

2014

(33dias antes)

Último dia para que os partidos políticos, os comitês financeiros e os candidatos enviem à Justiça Eleitoral o segundo relatório discriminado dos recursos em dinheiro ou estimáveis em dinheiro que tenham recebido para financiamento da campanha eleitoral e dos gastos que realizarem, para cumprimento do disposto no art. 28, § 4°, da Lei nº 9.504/97.

Geração anos 80

Por Luiz Vieira ( * )

Nessa sexta, 29 de agosto tive o privilégio de assistir ao show do Zé Geraldo que nos deu a honra de sua presença no CDC num evento promovido pela Secretaria de Cultura. Quem esteve lá aproveitou o que há de melhor da música popular brasileira e relembrou de uma época de ouro, época essa que só nossa geração teve a oportunidade de viver.

Zé GeraldoZé Geraldo completará 70 anos em dezembro mas continua com sua voz vibrante e seu tom afinado como na década de oitenta, quando passou a ser conhecido nacionalmente. No palco, apesar dos seus longos cabelos brancos, parece um garoto. Impossível não se empolgar e não contagiar com as canções de Zé Geraldo. O seleto público presente cantou junto com o artista do começo ao fim do show demonstrando que o que é bom não passa nunca e sempre permanecerá na memória.

O seu maior sucesso “Cidadão” marcou a geração rebelde que protestava, que botava para quebrar, que ia para a rua, que não aceitava as verdades inquestionáveis enlatadas que tentavam nos empurrar. Quem não se lembra desse refrão? “Meu domingo está perdido, vou pra casa entristecido, dá vontade de beber. E pra aumentar o meu tédio, eu não posso olhar pro prédio que eu ajudei a fazer”. Essa música gravada pela primeira vez por Zé Geraldo se tornou hino obrigatório em todos os encontros de jovens, nas reuniões de grêmios estudantis, nas passeatas e manifestações contra o sistema. Junto com outra canção de um outro Geraldo -Geraldo Vandré-, “Pra não dizer que não falei das flores” minha geração construiu um estilo revolucionário musical (ou um estilo musical revolucionário?) que deu um toque de suavidade e romance às nossas inquietações.

Entre uma canção e outra fiquei “matutando” sobre a minha geração e inevitavelmente vem a comparação com a geração atual. Basta comparar o gosto musical que você verá estampado na cara toda a diferença. Não éramos acomodados, não éramos alienados e não ficávamos só reclamando. Íamos à luta com coragem, mas sem perder a ternura como orientava nosso ícone Che Guevara. Gostávamos de discutir política, mas sem ofender os que tinham ideias contrárias. Discutíamos e debatíamos ideias com argumentos acadêmicos e no final confraternizávamos todos juntos, geralmente num boteco barato (dinheiro era artigo de luxo). Não tinha essa de achar que o outro era babaca só porque não era do nosso partido e nem pensava como nós. No máximo, a gente chamava o sujeito de alienado, com todo respeito.

Minha geração anos “80” gostava de ouvir uma boa música (e gosta até hoje). Boa música era aquela que tinha letra, que tinha conteúdo e uma boa melodia. Muito diferente dessa zoeira barulhenta e sem conteúdo que as grandes gravadoras nos empurram hoje. Nessa época se alguém fosse apanhado ouvindo um tal de “lepo-lepo”, um certo “reboleixo”, com certeza seria internado num hospício ou seria isolado da tribo. Minha geração gostava de se reunir com a galera e bater papo, olho-no-olho. Imagine se alguém ia ficar em local público com os olhos grudados numa telinha de celular ou usando rede social para ofender as pessoas! Aí você pode falar: “ah, mas naquele tempo isso não existia!” Mais hoje existe e estamos aqui usando essa tecnologia de forma inteligente e não sendo escravos dela.

Zé Geraldo embalou nosso espírito de rebeldia, nosso senso de responsabilidade e nossa consciência de cidadania. Com letras inteligentes nos impulsionava e nos fazia acreditar em nosso potencial. “…Toda força bruta representa nada mais do que um sintoma de fraqueza. O importante é você crer nessa força incrível que existe dentro de você. Meu amigo, meu compadre meu irmão, escreva sua história pelas suas próprias mãos” (Como diria Dylan). Zé também embalava nosso romantismo e nossa pureza: “Aqui é pequeno mas dá pra nos dois, e se for preciso a gente aumenta depois. Tenho um violão que é pras noites de lua, tenho uma varanda que é minha e que é sua. Vem morar comigo…” (Nega senhorita). Sacou? Isso é viver de forma pura, desapegada e intensamente. Melhor do que Facebook não é mesmo?

( * ) – Texto extraído do Blog do Professor Luiz Vieira, que repercute sobre o show realizado pelo cantor Zé Geraldo em Parauapebas na última sexta-feira. Parabéns à Secult pela realização e por nos proporcionar, vez ou outra, uma música de qualidade. Quase tudo funcionou à contento, a única ressalva vai para o bar, que foi terceirizado para quem não tem a mínima condição de atender a população ou não acreditou na magnitude do evento.

Parauapebas: DMTT informa mudanças no trânsito durante FAP

MAPA  FAP 2014

O Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT) comunica que durante os dias da Feira de Agronegócios de Parauapebas (FAP) o trânsito em direção ao Parque de Exposições deverá fluir pela Rodovia Faruk Salmen, a partir das 19 horas, com retorno pela via paralela.

MAPA  FAP 2014-2

Já a partir de 1 hora da manhã o fluxo deverá ser invertido, sendo o retorno do parque pela rodovia principal e os veículos que seguirão em direção à FAP deverão seguir pela via paralela. Os locais para embarque e desembarque de passageiros de vans, táxis e mototáxis também foram definidos pelo departamento, como mostra o mapa.