Author Archives: Zé Dudu

Receita Federal abre amanhã (11) a consulta ao 2º lote residual do IRPF. Mais de R$ 4 milhões serão liberados em todo o Pará

A partir das 9 horas de amanhã, dia 11 de fevereiro, estará disponível para consulta o 2º lote multiexercício residual de restituição do IRPF, que contemplará 1.595 contribuintes em todo o Pará, totalizando R$ 4.262.390,96.
O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla as restituições residuais referentes aos exercícios de 2015 (ano-calendário 2014), de 2014 (ano-calendário 2013), de 2013 (ano-calendário 2012), 2012 (ano-calendário 2011), 2011 (ano-calendário 2010), 2010 (ano-calendário 2009), 2009 (ano-calendário 2008) e 2008 (ano-calendário 2007).

Na 2ª Região Fiscal (AC, AM, AP, PA, RO e RR) serão liberados créditos no valor total de R$ 8.269.743,60 para 3.601 contribuintes. O crédito bancário será realizado no dia 15 de fevereiro para os contribuintes de todo o Brasil.

Consulta

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br), ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificados pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.
Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Envio de e-mail falsos

A Receita Federal reitera a informação de que não envia e-mail para contribuintes. Assim, e-mail enviado supostamente pela Instituição não devem ser acessados. Eles podem ser de origem mal-intencionada e causar danos nos arquivos do computador do cidadão.

Parauapebas: ao som da funkeira Ludmilla, foliões participam da última noite de carnaval

Com repertório característico de baile funk e sucessos como “24 horas por dia” e “Te Ensinei Certin”, a cantora Ludmilla animou o público na última noite de carnaval em Parauapebas. Segundo a organização do evento, a programação desta terça-feira (9) foi responsável por atrair mais de 35 mil pessoas ao Corredor da Folia, no bairro Nova Carajás.

Show[1]

Antes de Ludmilla subir ao palco, quem animou o público foram os artistas locais Léo Bruno, Tony Pereira, Zuilton, Daniel Gomes, Victor Ferraz e a dupla Lucas e Kauan. Teve ainda desfile dos blocos Xerequinha, Me Leva, Se Joga, Bicho Papão, Jecas, Kamaleão, Samuray, Cala a Boca e Me Beija, Pessoa e Piu Piu embalados por trio elétrico ao som de Fernando BG.  

Para os foliões, o carnaval teve uma mistura de ritmos musicais que acabou agradando a todos. “Eu gostei do show da Ludmilla. Ela é bem animada e tem o mesmo estilo da cantora Anitta”, avaliou a estudante Bruna da Silva, de 23 anos.

Morador do bairro Cidade Jardim, Fernando Costa Souza, de 36 anos, achou o show bem animado e explosivo, por conta da sensualidade da artista carioca no palco. “Essa Ludmilla é corajosa. Faz muita loucura no palco, só que isso é o que anima a gente”, brincou.

A secretária de Cultura de Parauapebas, Valdira Soares Gonçalves, comentou que a programação com ritmos musicais diversos permitiu o alcance de vários públicos. “Tivemos axé, sertanejo e funk. Isso comprova que a festa é democrática e que pensamos em atender a todos os gostos. Esse carnaval foi o mais tranquilo e seguro da história do município”, garantiu.

Ela acrescentou que os foliões se comportaram, respeitaram uns aos outros, tendo sido fundamental para o sucesso dos quatro dias de folia na cidade. 

Emater distribui sementes de feijão Caupi em São Domingos do Araguaia

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), através do escritório local de São Domingos do Araguaia distribuiu 200 kg (duzentos quilos) de feijão Caupi obtidos através de doação junto a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap), pleito atendido pelo gerente regional da Sedap, Marivan Oliveira Sousa.

feijao caupi sdaForam atendidos 35 (trinta e cinco) olericultores (produtores de hortaliças) e agricultores/as da Chamada Pública do Leite. Para o coordenador local, o técnico Anselmo Caldas Filho, “a intenção é que os agricultores possam futuramente reproduzir a sua própria semente”. Um dos produtores, José de Souza Queiroz, plantou consorciado feijão com quiabo e já está prestes a colher os primeiros grãos, já que o plantio aconteceu em novembro. A sua propriedade está localizada no km 48 da rodovia Transamazônica.

Vale ressaltar que Emater executa na região Chamada Pública SAF/ATER/MDA nº 07/2013 – Lote nº 4  – cujo objeto é a assistência técnica e extensão rural para promoção da agricultura familiar na cadeia produtiva do leite –  visando atender 500 famílias em dez municípios. A técnica em agropecuária da Emater, Raimunda Maria Santos Silva, informou que “em São Domingos do Araguaia são assistidas 45 famílias, e que está em fase de implantação duas Unidades de Referências, distribuídas em dois núcleos: 1 Região do Água Fria e 2 Região Vila Santana.”

O extensionista rural Rudinei Ribeiro Magalhães informou que já foram realizadas as seguintes atividades pela Chamada do Leite: reunião para planejamento; visitas às famílias; diagnóstico (DRP). Atualmente está na fase de planejamento de oficinas temáticas (cursos), elaboração do projeto produtivo e consolidação das unidades de referências.

O zootecnista Diego Pinheiro ressaltou a existência de duas unidades de referência para produção de leite, e, em uma delas, a parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) liberou um crédito para desenvolvimento nesta unidade de aproximadamente R$ 30.000.00 ( trinta mil reais) na propriedade do agricultor Márcio Iop para instalação de um rotacionado irrigado para o gado leiteiro de raça Jersey . O zootecnista tem prestado assistência na região de São Domingos auxiliando na produção animal, principalmente sobre a criação de suínos e formulação de ração para gado de leite utilizando ureia com cana e utilização de técnicas de suplementação para períodos secos (estação).

Agentes Voluntários de Proteção da Infância e Juventude realizam ações de fiscalização durante o carnaval

Nomeados no último dia 2, os agentes voluntários de Proteção da Infância e Juventude de Parauapebas já estão em plena atividade. Durante todas as noites de carnaval, que este ano acontece no bairro Nova Carajás, equipes de 10 agentes se revezam com o objetivo de proteger e prevenir qualquer violação dos direitos da criança e do adolescente.

IMG-20160209-WA0033

De acordo com Juno Brasil, um dos agentes escalados para trabalhar durante o carnaval, na primeira noite da festa foram encontradas algumas crianças e adolescentes após as 23h, desacompanhadas de pais ou responsáveis. “Seguimos ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e a Portaria da 1ª Vara da Infância e Juventude e Empresarial de Parauapebas”, explica Juno.

Já na segunda noite de carnaval, além de cumprir a rotineira fiscalização, orientação e advertência, o grupo fez várias autuações de crianças e adolescentes e os mesmos foram entregues nos Conselhos Tutelares I e II de Parauapebas.

“Houve um caso de um pai que estava com o  filho de dois anos, que além de estar fora do horário permitido para a criança, ainda estava completamente embriagado. Ele foi levado pela Polícia Militar e a criança foi entregue ao Conselho Tutelar, que por sua vez, a devolveu à família”, conta o agente.

Juno diz ainda que a PM também encontrou uma adolescente de apenas 13 anos, aparentemente dopada, com um homem suspeito. “A adolescente foi encaminhada por nós ao Conselho Tutelar e o homem foi encaminhado à delegacia”, afirma.

Na avaliação dele, nos dois primeiros dias de festa foram evitadas dezenas de possíveis violações aos direitos de crianças e adolescentes. Os agentes continuam o trabalho nesta terça-feira (9), última noite de carnaval.

Carajás: arrastão do bloco “Vai Quem Quer” animou terceiro dia de carnaval em Marabá

VaiQuemQuer_2Na tarde de ontem, segunda-feira (8), o tradicional arrastão do bloco “Vai Quem Quer” animou o terceiro dia de folia em Marabá. Lá, centenas de pessoas participaram da brincadeira que todos os anos o bloco realiza, partindo da Folha 28, no bairro da Nova Marabá, lugar onde o bloco surgiu.

O “Vai Quem Quer” tem mais de 30 anos, tendo iniciado com seis amigos empurrando um carrinho de mão com uma churrasqueira pelas ruas do bairro. De lá pra cá, a brincadeira foi crescendo e, hoje, centenas de foliões se concentram na Feira da Folha 28 e percorrem todo o entorno com homens fantasiados de mulher e outros personagens.

Pessoas de todas as idades, de crianças a idosos, também participam da brincadeira. Além do desfile pelas ruas da Nova Marabá, todos os anos o arrastão do “Vai Quem Quer” encerra a folia com shows.

Vai Quem Quer

Para um dos fundadores do bloco, Ronaldo Chaves, o carrinho de mão e o churrasquinho são hoje os símbolos do bloco, bem como o “Jogo de Saias”, que é uma partida de futebol realizada com os atletas vestidos de mulher. “Esse é um dos melhores carnavais da história para o bloco”, disse.

Nesta terça-feira (9), a festa continua em Marabá com arrastão dos blocos Jegue Elétrico, no Bairro Km 7, e Gaiola das Loucas, no Bairro Novo Horizonte.

Direitos de deficiente são garantidos com a nova Lei Brasileira de Inclusão

LBIEm janeiro deste ano entrou em vigor a Lei Brasileira de Inclusão (LBI), também chamada de Estatuto da Pessoa com Deficiência. A lei de número 13.146/2015  garante direitos iguais a essas pessoas em relação aos demais cidadãos.

Entre as inovações, destacam-se a reclusão de até três anos para quem discriminar pessoas com deficiência, reclusão de até cinco anos a que negar ou obstar emprego, trabalho ou promoção à pessoa em razão de sua deficiência e prioridade na restituição do Imposto de Renda aos contribuintes com deficiência ou com dependentes nesta condição.

Para o vice-presidente da Associação das Pessoas com Deficiência Física de Parauapebas (APDFIP), Geová Botelho, a lei é um avanço na garantia dos direitos das pessoas com deficiência. Ele, que hoje é servidor público, no passado teve dificuldade para conseguir um emprego e mesmo usufruir de serviços bancários, garantias previstas na LBI.

“Fiz três processos seletivos para uma empresa. Mesmo sendo apto, não pude entrar para o quadro de funcionários, pois segundo o que me foi dito, não havia nenhuma área com acessibilidade para receber um funcionário com deficiência. Na prefeitura não tive esse problema quando fui contratado e hoje sou servidor concursado”.

Geová também afirma que problemas de acessibilidade ainda persistem em algumas áreas e estabelecimentos do município. “Também já tive problemas com o banco Itaú. Por falta de acessibilidade não pude entrar na agência para receber meu benefício. O gerente queria que eu mandasse uma pessoa sem deficiência entrar até o interior da agência para que cadastrasse minha senha de uso individual”, explica.

As inovações previstas na lei alcançam as áreas de saúde, educação, trabalho, assistência social, esporte, previdência e transporte.

Carnaval: ambulantes aproveitam para aumentar vendas

Enquanto algumas pessoas aproveitam o carnaval se divertindo, outras têm a oportunidade para ganhar uma renda extra. Esse é o caso dos ambulantes que trabalham durante o feriadão e nas festas carnavalescas de Parauapebas.

Com uma barraca de comida montada na área do carnaval, no bairro Nova Carajás, Rosa Matos, trabalha na praça de alimentação do Mercado Rio Verde e viu no evento a oportunidade de aumentar a renda e pagar algumas dividas. “Esse período é ótimo para ganhar um dinheirinho a mais. Estou confiante que vou pagar algumas contas e ainda vai sobrar uma grana”, comentou Rosa.

Além das barracas, é comum encontrar ambulantes percorrendo o corredor da folia, como por exemplo, vendedores de adereços carnavalescos, como fantasias. Além desses, universitários vendem bebidas como forma de conseguir uma verba a mais para a festa de formatura.

“Vou trabalhar nos quatro dias de festa. Esse dinheiro é muito bem vindo neste momento e já tem destino certo, pagar meu aluguel”, conta o vendedor de fantasias, Cláudio Gomes.  

Este ano, a Prefeitura disponibilizou um total de 117 barracas, 89 para vendas de bebidas e 28 de comidas para os ambulantes cadastrados na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb). 

Presidente do PFC garante que Rosenão não será interditado e convoca torcida para jogo contra o São Francisco pelo Parazão

Rosenão 2No final da semana, circulou a notícia de que a Federação Paraense de Futebol (FPF) havia interditado o Estádio Rosenão, em Parauapebas, para os jogos do Parazão 2016. A justificativa seria a falta de laudo de segurança do estádio. Na tarde desta segunda-feira, 8, o presidente do Parauapebas Futebol Clube (PFC), Robervaldo Freitas, disse que o estádio não será interditado.

De acordo com o presidente, a FPF solicitou uma alteração de segurança no estádio: a divisão para separar as torcidas no Rosenão. “Não haverá veto. já concluímos o serviço no setor solicitado”, disse o presidente. Segundo ele, não houve comunicação formal, mas apenas uma conversa por telefone com o chefe de segurança da FPF, o Coronel Cláudio Santos.

Rosenao1

Segundo notícia publicada no portal ORM News, o PFC teria duas opções: transferir a partida para outro estádio ou utilizar o local interditado sem público. Mas, ao que parece, o Gigante de Aço não abre mão da torcida no dia do jogo: “Quero tranquilizar a torcida e convidar para o jogo de domingo (14) contra o São Francisco. Já encaminhei as fotos para Belém (FPF) e logo o laudo será liberado para que tenhamos as torcidas no nosso Rosenão”, finalizou Robervaldo.

Parauapebas: foliões se divertem com tranquilidade no segundo dia de carnaval

carnaval2016-2-1140x641Animação, brincadeira e muita diversão. Foi assim a noite de domingo (7), em Parauapebas, durante a segunda noite de carnaval. No corredor da folia o público assistiu ao desfile da Escola de Samba Mocidade Independente do Primavera, dançou ao som do cantor Pedro Coutinho e da dupla sertaneja João Lucas e Marcelo.

Moradora do Complexo Altamira, a dona de casa, Bia da Silva, escolheu o domingo para aproveitar a programação de carnaval. Ela conta que a escolha de ir no domingo foi motivada pela apresentação da dupla sertaneja João Lucas e Marcelo.

“Gosto da música deles e, por isso, estou aqui. Cheguei cedo, às 20h40, lanchei e caminhei um pouco. Estou achando tudo tranquilo. Gostei!”, destacou a moradora, acompanhada por um grupo de amigos.

Morador do bairro Amazônia, Carlos Rocha informou que esse é o segundo ano que participa do carnaval. “Achei tranquilo e seguro, por isso trouxe minha esposa e filha”, frisou.

Dados da PC

Consultado na manhã desta segunda-feira (8), sobre possíveis registros de violência já contabilizados na cidade desde o início das comemorações de carnaval, o diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil de Parauapebas, delegado Thiago Carneiro comentou que informará os dados após o encerramento da folia. “Vamos esperar terminar o carnaval, que faremos um balanço geral”, resumiu.

Copa Verde: Águia e Marabá estreia com vitória fora e agora joga pelo empate em casa para garantir vaga na próxima fase

Em partida disputada na Arena da Amazônia, time paraense venceu por 1 a 0, com gol de Bernardo. Jogo de volta será no dia 17, em Marabá. Vencedor enfrentará o Paysandu, na próxima fase.

O Águia de Marabá conseguiu uma vitória importante neste sábado, fora de casa, e deixou encaminhada a classificação para a primeira fase da Copa Verde. No jogo de ida da fase preliminar, às 16h (18h de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus, o time paraense venceu o Fast por 1 a 0, com gol de Bernardo, e agora depende apenas de um empate no jogo de volta, no dia 17, em Marabá, para encarar o Paysandu. Ao time do Amazonas, resta buscar a vitória por dois gols de diferença para conseguir a classificação.

O jogo
O Fast começou com todo o gás, principalmente com o atacante Jackie Chan, que se movimentou bastante e deu trabalho para a defesa do Águia. Porém, aos nove minutos, sofreu o baque. O time paraense conseguiu fazer boa jogada e abriu o placar. Flamel lançou para Valdanes, que dominou e arrumou para Bernardo, que não perdoou: 1 a 0. O Fast tentou reagir, mas não conseguiu. O atacante Geraldo perdeu várias chances claras e desperdiçou a chance de empatar.

image

Na segunda etapa, o Fast começou como no primeiro tempo, com pressão total, principalmente com Jackie Chan. Em uma das jogadas individuais, Jackie avançou e chutou forte, mas o goleiro Bruno Colaço defendeu com os pés. O Águia respondeu em seguida, com Flamel, que perdeu gol cara a cara com o goleiro Bruno Saul. O Fast, mesmo com dez em campo (Guigui saiu aos 33 machucado quando o time já tinha feito as três substituições), passou a pressionar de qualquer jeito, mas não conseguiu converter a última bola. A partida teve renda de R$6.920,00, com um público total de 1.128 expectadores (692 pagantes).

Com o resultado, o Águia abre vantagem no duelo da fase preliminar da próxima fase e pode até empatar no jogo de volta, no dia 17 de fevereiro,  no Estádio Zinho Oliveira, em Marabá, às 21h30 (de Brasília). Quem passar deste confronto vai enfrentar o Paysandu na primeira fase da Copa Verde.