Coluna do Chico Brito

Chico Brito 2

A GREVE DA IMPRENSA

No dia 26 último (e dias subsequentes), donos de diversos jornais de Parauapebas (quase a totalidade deles), partiram para uma greve. Carregando colchonetes e redes, acamparam na Secretaria de Fazenda da PMP, na Rua F. Exigiam dinheiro. Meio milhão de reais, diziam eles.

A GREVE DO XIBIU

Fizeram vir à lembrança uma outra greve tão inusitada quanto essa: a Greve do Xibiu descrita por Jorge Amado em uma de suas obras (Dona Flor, ou Tereza Batista?), quando toda a mulherada nos cabarés, na Bahia, em protesto, fechou o negocinho delas, deixando os homens na mão.

DINHEIRO

Os grevistas da imprensa exigem pagamento, caso contrário, ameaçam abrir os bicos contra o prefeito Darci Lermen, que apesar de haver arrecadado já mais de R$3,5 bilhões está devendo mais de R$200 milhões na praça. A parte tocante a seus jornais, segundo eles, R$430 mil.

SILÊNCIO CUSTA CARO

Conforme dizem, esse valor seria devido em troca do apoio que dão à Administração que, é claro, só pôde perpetrar o sumiço do dinheiro público e as aberrações com as finanças do município por que eles se mantêm calados, como silenciada se mantém a Câmara de Vereadores.

CÂMARA

No que toca à Câmara, não se dispõem de dados para traduzir o quantum mas no caso dos jornais, agora se esclarece que esse “apoio” custa, só com a “imprensa” em Parauapebas, mais de meio milhão por mês. Sem contar o gasto com outras mídia e o que é gasto fora do município.

INTESTINOS À MOSTRA

Essa Greve da Imprensa ou Greve do Xibiu, como se queira, deixa claro como é que, de meio em meio milhão, desaparece toda a arrecadação. E nada de obras. Expõe, também, do modo mais rude, os intestinos da administração de nossos recursos públicos. E a cidade está aí, esse descalabro.

FUNDIDOS

No mesmo espaço (Rua F), que a Greve da Imprensa eclodiu também a Greve do MST, e o repórter informou que os dois movimentos já começaram fundidos. Em frente à SEFAZ postaram duas faixas esclarecedoras. Uma dizia: ISTAMOS EM GREVE. E outra: O POVO ESTÃO QUERENDO DINHEIRO.

OS TONTOS

Depois da invasão de mais uma área de preservação ambiental na Cidade Nova, próxima à Barreira de Carajás, (desta vez não por vereador mas por populares), a prefeitura foi à TV declarar que “a área é de particular. Mas a Administração já está tomando providências para tirar os invasores de lá”.

UNIVERSIDADE

Vasculhando toda a documentação referente à Universidade SUL/SUDESTE DO PARÁ pude constatar que não aparece em nenhum momento ou documento o nome de qualquer representante de Parauapebas: nem secretário, nem vereador, nem prefeito, nem deputado. Sequer consta sua presença em reuniões sobre o assunto.

O LEITE DERRAMADO

E olha que isso começou em janeiro de 2009. E aí, com a desculpa de que Parauapebas jamais se manifestou, a governadora ficou totalmente à vontade e escolheu os quatro municípios para sediar a instituição: Marabá, Tucuruí, Rondon e Xinguara. Agora, mais de um ano depois, com tudo já definido, podemos esquecer o leite derramado.

ELES CONFIRMAM

Um Deputado, Golbert Martins, afirmou em discurso na Câmara, dia 27-05, que a campanha da candidata do PT à Presidência tem que ser feita por Lula, Dilma e Temmer. “Temos um triunvirato”, disse ele, solene. (Um triunvirato é um governo tocado por três varões, três machos). Bem que muita gente já desconfiava.

[ad code=3 align=center]

7 Responses to Coluna do Chico Brito

  1. leitor disse:

    Como assim, esse valor seria devido em troca do apoio que dão à Administração ? Em minha leiga opinião a imprensa tem um outro papel na sociedade, que é manter o povo informado, que é trazer à tona os escândalos que tomam conhecimento. Claro que, mediante provas, pois ninguém é bobo de sair por ai espalhando falsas notícias (e mesmo assim, há profissionais que não se preocupam com isso). Voltando a questão do apoio, como leitor dos jornais locais, gostaria de ter mais detalhes sobre o que realmente consite essa atitude tão nobre dos meio de comunicação de Parauapebas:
    1- Vender anúncios mais baratos para a PMP?
    2- Fazer apenas matérias positivas sobre o governo?
    3 – Prestar serviços de informação à população a preço de banana pelo amor que têm à cidade?
    Tô confuso!!
    Já ouvi dizer inclusive, que qualquer pessoa pode montar um jornal, um website, revista e ect e pedir apoio a PMP que é batata. É só dizer: Quanto vc me dá pra não falar mal do governo?
    Isso é ou não é uma vergonha? Cadê a ética? A Imparcialidade? Então, quer dizer que, se a PMP deixar de repassar a grana do final do mês não tem jornal? Não tem revista, nem site? Tô chocado!!´Além dos serviços básicos que um governo municipal deve prestar a cidade, ainda tem que manter os meios de comunicação locais? Meu Deus!! Sem querer parecer muito ingênuo, sei que essa prática não é apenas dos nossos nobres comunicólogos de Parauapebas, sei que isso acontece, inclusive, nas relações dos grandes meios de comunicação com os governos em todos os âmbitos. Mas, ainda não ouvi falar por exemplo, e me corrijam se eu estiver errado, que a Globo parou seus serviços pra montar barraca na porta das SEFAZ da vida.
    E se for assim, é melhor que a PMP deixe de pagar mesmo a mesada dos jornais pra que nós cidadãos tenhamos acesso a notícias imparciais e de qualidade, sem amarras nenhuma com compromisso apenas com a verdade.
    Pra finalizar, peço: Donos de Jornais, jornalistas e afins voltem pra suas redações cumpram o seu papel, pois com certeza, o que não vai faltar é leitor querendo saber o que realmente, acontece nos bastidores dessa cidade.

  2. ROLANDO LERO disse:

    Rapaz…muito boa essa parada aí…GREVE DO XIBIU…KKKKKKKKKKKKKKK….mas…ficou parecendo que comparou parte da imprensa…à um bando de prostitutas…mas..talvez tbm tenham se comportado como tal…KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…Valeu Chico Brito!….

  3. É um engano pensar que as redes de tvs locais não estão no mesmo barco. Contrato de mídia da prefeitura com as TVS custa mais caro, dizem que é porque a prefeitura demora a pagar, mas eu acho que é a boca do cano mesmo, é daí que sai o dinheiro. Assim também estão as empresas de comunicação, sonorização, etc… uma vergonha e é preciso ter estômago para ver o que acontece dentro da ASCOM. Patrocínios para festas de entidades que possuem renda própria, bailes de empresários, tudo tem verba, ou da ASCOM ou do gabinete… agora eu pergunto: dinheiro público pra bancar esses contratos que não ilegais e bailinhos de madame???

  4. francisca disse:

    é por isso que a cidade não vai pra frente….
    por causa desses empresarios d B….que ficam babando o ovo dessa prefeitura ,corrupta,esnobe e agora eles viram que tambem é calotêra…..
    tadinhos,dependem do “darci” pra crescer,nuca serão bons profissionais….
    esse bando d carniça…

  5. de olho disse:

    ei, darci, dizem que vc estar em dias com o contrato dos caminhoes da semprou faz um favor aos seus eleitores da secretaria e diz pra quele mala do branco da waite pagar os meninos pow o branco usa o dinheiro e ainda fica fazendo chantagem esse cara é mulequi d+, faz isso darci pra evitar constrangimento dos colegas que devem parcelas dos seus caminhoes e estao na mao do branco. ele branco diz atender muito bem seus telefonemas, entao usa essa força que vc tem com ele por favor estamos sem saida se vamos na sefaz ? diz ter passado o dinheiro pra ele . se vamos no branco? diz que a sefaz deve milhoes pra ele . ai nao temos forma nos ajude a resolver essa bronca.

  6. Ras Lidio disse:

    Chico, o que acho mais engraçado nesse caso, é o Anchieta. se até o guardião resolveu entrar na greve do xibiu, o resto é apenas resto. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. Sapiens disse:

    Morro de rir desses incríveis comunicadores de Parauapebas. Um bando de sangue-sugas que se auto intitulam “As putas mais caras de Parauapebas”, como disse um certo empresário do ramo de comunicação (barra) apreciador de chá (barra) defensor do governo do PT (Paga tudo!).
    Primeiro, eles começam conclamando o povo à reeleger o “mini-prefeito Lámen”, como é o caso do supracitado “Anchieta” (me mata de rir), que lançou até um “guardião” para defender os interesses de seu “mestre” Jedi.
    Depois, quando percebem que estão em uma canoa que só tende a afundar por conta dos muitos buracos, começam a se revoltar e “acampar” em portas de prédios públicos, numa mostra lamentável de falta de dignidade, para não falar o menos legível e audível.
    Existem jornais dessa cidade que só sobrevivem em função da prefeitura, e consequentemente, do PT atualmente, fazendo aquelas verdadeiras “chupadas no ego” de secretários e mini-prefeitos” região afora, e agora começam a fazer esse espetáculo para parecerem menos “prostitutas”.

    Pena que Parauapebas não tem a sorte de ter jornais que batem de frente com o poder, como é o caso do Correio Brasiliense, com uma capa que para mim, é no mínimo, poética e que compartilho com vocês:

    QUADRILHA:
    Dirceu Mandava em Delúbio
    Que Tramava com Valério
    Que pagava Valdemar
    Que foi denunciado por Jefferson
    Que Incriminou Genoíno
    Que não entregou ninguém!
    Dirceu foi para a planície,
    Delúbio para a fazenda,
    Valério mudou o penteado,
    Jefferson ficou sem mandato,
    Genoino perdeu a pose, e
    O STF, que não estava na história,
    pôs todos no banco dos réus.

    Como eu queria um jornal ou qualquer veículo de comunicação em Parauapebas com seriedade para adotar uma linha editorial verdadeira e que não dobre perante o dinheiro…Putz! Esqueci que eu vivo em Parauapebas, e aqui não rola esse tipo de coisa!
    Foi Mal….
    LOL

    Salam Aleikom

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>