Category Archives: Jatene

Jatene anuncia Zequinha Marinho como vice


Mais de mil pessoas, entre elas 11 prefeitos do sul do Pará, participaram na noite de ontem do anúncio da coligação entre os partidos PSC e PSDB, pela qual o deputado federal Zequinha Marinho (PSC) compõe como vice a chapa liderada por Simão Jatene, pré-candidato à reeleição pelo PSDB. O evento também reuniu dezenas de vereadores, vice-prefeitos, ex-prefeitos e lideranças comunitárias e líderes religiosos de todos os 20 municípios da região, realizado numa sede particular no município de Xinguara.

A aliança entre o PSDB e o PSC foi a responsável por reunir uma diversidade tão grande de políticos e representantes de diferentes segmentos sociais. Até mesmo membros de partidos adversários na atual conjuntura política paraense compareceram ao local para cumprimentar o governador Simão Jatene, que chegou ao evento na companhia do deputado federal Wandenkolk Gonçalves, do senador Flexa Ribeiro e do vice-governador Helenilson Pontes. “Há quem pense que trata-se de um convite recente, mas na verdade este mesmo convite já havia sido feito muito antes, o que mostra ser o meu apreço, respeito e consideração pelo sul do Pará antigo e recorrente”, falou Jatene em seu pronunciamento.

O deputado federal Zequinha Marinho mostrou-se entusiasmado e confiante com a aliança. “Há dois caminhos a serem seguidos quando um projeto tão promissor como o liderado pelo governador (Simão Jatene) começa a sofrer ameaças: ou você atira pedras ou você apoia. E nós, do PSC, resolvemos apoiar com unhas e dentes para que o desenvolvimento do Estado permaneça no caminho certo”, destacou, durante o pronunciamento, Marinho.

De fato, a quantidade de prefeitos que compareceu ao evento se preocupou muito mais em agradecer do que fazer novas solicitações. “Eu vim aqui agradecer pelos 45 milhões de reais que atualmente estão sendo investidos pelo governo na cidade de  São Domingos do Araguaia”, destacou o prefeito Pedro Paraná. Já o prefeito de Bannach, uma das menores cidades do Estado, ressaltou que pela primeira vez na história o município recebeu asfalto na área urbana. “O convênio de dez quilômetros de asfalto não só deixou a cidade mais bonita como acabou com a poeira e as doenças por ela provocadas”, revelou Valber Milhomem.

“Fica Jatene” – Os prefeitos e lideranças reunidos em Xinguara aproveitaram para lançar o movimento “Fica Jatene”, pelo qual pedem que o atual governador descarte qualquer possibilidade de se ausentar do cargo executivo durante o período da campanha política. “É uma vontade nossa, do povo, que o gerenciamento do Estado permaneça nas mãos do governador. É com ele que as coisas têm dado certo e é com ele que tem que permanecer o trabalho”, disse o prefeito de Redenção, Vanderlei Coimbra, que lidera o movimento. O governador recebeu o pedido com naturalidade e, ao final, declarou que a própria candidatura à reeleição já é uma prevalência da vontade coletiva sobre qualquer vontade pessoal que ele, Simão Jatene, possa ter. “Olhando por esse aspecto, quem sou eu para declinar a mais essa vontade coletiva do povo do Pará? Aqui estão lideranças de todas as partes do sul paraense. É uma vontade que há de ser respeitada”, completou Jatene.

:


Jatene fará vento com chapéu alheio com curso de medicina em Marabá

Por Paulo Costa – de Marabá

O governador Simão Jatene virá para a aula inaugural do curso de Medicina da Universidade do Estado do Pará em Marabá, que deverá acontecer na próxima segunda-feira, dia 12. Como o governador não fez o dever de casa e não construiu o prédio para abrigar o curso em tempo hábil, conforme prometera, a aula inaugural e o primeiro ano do curso vão acontecer nas dependências da Faculdade Metropolitana. Qual será a justificativa de Jatene em seu discurso pré-eleitoral para 2014? “Não fiz o prédio nem o hospital-escola, mas vou fazer”?

Por enquanto, os alunos do curso de medicina e de outros quatro vão estudar na Faculdade Metropolitana porque o governo de Jatene não conseguiu entregar as obras de reforma do prédio da Uepa, na Agrópolis do Incra, a tempo.

Esta semana, está acontecendo a semana do calouro e semana acadêmica, com o propósito de integrar os acadêmicos, professores e demais servidores à comunidade em geral. Os 20 calouros de medicina e dos demais cursos (Engenharia Florestal, Biomedicina e Engenharia de Produção) estão percebendo que a vida acadêmica não será fácil ao estudar em local cedido. Alguns deles já falam em realizar manifestações em breve, caso a estrutura oferecida não seja a ideal e se as obras de reforma e ampliação iniciadas em 2012 não sejam concluídas logo.

A aula magna, que marca oficialmente o início das graduações, está marcada para o dia 12 de agosto, quando os novos universitários da área da saúde participam da cerimônia do jaleco, marcada pelo simbolismo de entrega da tradicional vestimenta branca usada pelos profissionais.

Jatene assina ordem de serviço para recuperação da PA-275

Ulisses Pompeu – de Marabá

Na manhã desta terça-feira, 7, o governador do Pará, Simão Jatene, assinou em Marabá a ordem de serviço que dará inicio as obras de pavimentação da PA-275, do trecho do Entroncamento da BR-155, que liga o município de Eldorado de Carajás a Parauapebas. Serão no total 68 quilômetros de pavimentação, com previsão de entrega para maio de 2013.

Ordem de serviço de recuperação da PA-275O governador garantiu que até o final de seu governo deverá realizar mil quilômetros de asfalto em todo o Estado, ressalvando que a malha viária das estradas estaduais pavimentadas é de 3 mil quilômetros.

Na mesma cerimônia, Simão Janete participou do lançamento da pedra fundamental da construção do Centro de Convenções, obra prevista na Agenda Mínima do Governo do Pará, orçada em R$ 19 milhões, construída em área pertencente ao Estado, de aproximadamente 35 mil metros quadrados.

Também em Marabá, o governador inaugurou 10 novos leitos de UTI Adulto do Hospital Regional do Sudeste do Pará, Dr. Geraldo Veloso. Com isso, a estrutura do hospital passa a ter 38 leitos de UTI e terá capacidade para fazer 90 internações por mês.

O diretor do hospital, Paulo Czrnhak, explica que atualmente, o hospital recebe pacientes de 22 municípios, onde vivem 1,1 milhão de habitantes. “Essa ampliação será de suma importância para a segurança dos pacientes que fazem procedimento de média e alta complexidade e principalmente para pacientes que passaram por cirurgia de trauma, o que representa 80% dos pacientes”, ressalta Czrnhak.

A disponibilização dos 10 novos leitos também será importante na agilidade do atendimento de urgência. Outra vantagem é a ampliação das cirurgias eletivas nas especialidades de ortopedia e neurocirurgia. Com a implantação, o hospital chega a 115 unidades. Sendo, 38 leitos de UTI, nove de UTI neonatal, nove pediátricas, 20 UTIs adultos, além de 77 leitos de enfermaria.

Programação

O terceiro compromisso do governador na região foi no município de Nova Ipixuna, onde o chefe do Executivo foi vistoriar as obras de pavimentação dos 5 quilômetros de asfalto que o município recebeu, através do programa “Asfalto na Cidade”. Em seguida, ele visitou o terreno onde será construída uma nova escola estadual na cidade, através do projeto de reconstrução de novas escolas, com financiamento do Banco Mundial. Ainda no município, o governador também visitou o hospital municipal, que recebeu recentes investimentos do Governo do Pará.

Pará: governos estadual e federal farão parceria para construção de aeródromos

O governador Simão Jatene recebeu o comandante do 1º Comar, brigadeiro Carlos Eurico Peclat (e) e o chefe de Estado Maior do 1º Comar, coronel aviador Ivan Camarão Telles. Ele foi acompanhado pelo coronel Fernando Noura, chefe da Casa Militar do Estado.

Uma parceria entre o Governo Federal e o Governo do Pará para melhorar a infraestrutura dos aeródromos existentes e viabilizar a construção de novas pistas de voo no interior do Estado começou a ser discutida na manhã desta quinta-feira (2). O projeto faz parte de um Plano de Desenvolvimento Aéreo e Portuário, que está sendo estruturado pela presidenta Dilma Rousseff. O objetivo é descentralizar os voos do e melhorar o acesso às cidades do interior dos estados.

Em audiência no Comando Geral da Polícia Militar, o governador Simão Jatene recebeu o comandante do 1º Comando Aéreo Regional, brigadeiro Carlos Eurico Peclat, e o chefe de Estado Maior do 1º Comar, coronel aviador Ivan Camarão Telles, para tratar do assunto e assegurou o apoio do Estado. Simão Jatene destacou que uma parceria neste sentido já estava sendo avaliada por ele e que o governo está disposto a cooperar com o projeto, injetando inclusive, recursos do Tesouro Estadual.

O governador avaliou que a melhoria na infraestrutura dos aeródromos é uma questão estratégica para o desenvolvimento do Estado e que a descentralização dos voos é um antigo anseio da população. Jatene ressaltou ainda que, historicamente, as Forças Armadas têm sido uma grande parceira do Pará. Como exemplo, Jatene citou o Mangal das Garças, viabilizado junto a Marinha, o Forte do Castelo e o Complexo das Onze Janelas, junto ao Exército.

O brigadeiro Carlos Eurico Peclat informou que, além do Pará, também deverá visitar os Estados do Amapá e do Maranhão, para discutir a questão. As informações colhidas na Amazônia serão repassadas ao comandante da Aeronáutica. A coleta de informações junto aos governos estaduais quanto à adesão ao interesse de novas pistas de voo está sendo realizada em todo o país.

Fonte: Agência Pará de Notícias

Quinze pessoas assassinadas em Parauapebas nos últimos 21 dias

Reportagem de Ronaldo Modesto e Waldyr Silva veiculada no jornal Correio do Tocantins deste sábado mostra a quantas anda a segurança pública em Parauapebas. E o governador Jatene alardeando aos quatro cantos que o índice de criminalidade baixou no Estado. Confira a reportagem:

No período de 29 de junho até a última quinta-feira (19), quinze pessoas foram executadas com golpes de arma branca e disparo de arma de fogo no município de Parauapebas. No dia 29 de junho, foram assassinados Jardson Pinheiro Souza, no Bairro Casas Populares I, e Francisco Sousa, no Bairro Cidade Jardim, enquanto no dia 30 de junho a vítima foi Jhonata da Silva, na Vila Palmares I.

No dia 2 de julho, foi vítima de homicídio Sérgio Jerônimo da Silva, no Bairro Primavera; dia 5 do corrente, Francisco, no Bairro da Paz; dia 8, Diogo de Jesus Montelo, no Bairro Liberdade; dia 12, as vítimas de assassinatos foram Bruno Leite da Silva e Renan Pinheiro Ramos, ambos no Bairro Rio Verde; dia 14, Antônio da Conceição, na região conhecida por “Pé Inchado”; dia 15, foi a vez de Jailson Gomes da Silva, o “Lorinho”, ser executado; dia 16, a vítima de morte violenta foi Carlos Chaves do Amaral, conhecido por “Beterraba”, no Bairro Rio Verde; dia 17, um homem identificado apenas por “Velhinho”, na Vaquejada Chico Oliveira, zona rural; dia 18, Genival Costa e Silva, no Bairro Nova Vida. Por último, na última quinta-feira (19), foram executados Daniel Monte Silva, no Bairro Nova Vida, e um agricultor identificado apenas pelo prenome de Leandro, na zona rural.

Diante deste alto índice de violência no município, a reportagem procurou o subcomandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, major Benedito Sabbá, e o diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Parauapebas, delegado Antônio Miranda, para falar sobre o assunto.

Na avaliação do subcomandante da PM, mesmo com este alto índice de criminalidade na cidade, no período de janeiro a junho deste ano foram registrados 176 homicídios nos município de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás e região de Marabá, contra 202 no mesmo período do ano passado.

Com relação às mortes ocorridas até o dia 19 deste mês de julho em Parauapebas, major Sabbá admite que o índice de violência está muito alto, mas, segundo o oficial, a maioria das vítimas era formada por pessoas criminosas, envolvidas por tráfico de droga e outros tipos de crime.

O subcomandante garante que a Polícia Militar, em parceria com a Polícia Civil, está trabalhando para baixar o índice de violência na região, fazendo policiamento ostensivo nos bairros das cidades e investigando os crimes cometidos.

Para o delegado Antônio Miranda, a motivação que levou à ocorrência de tantos crimes nos últimos dias é excesso de bebida alcoólica, acerto de conta com tráfico de droga e o efetivo policial reduzido para atender uma cidade com aproximadamente 200 mil habitantes.

Perguntado por que dos autores dos 15 homicídios só um se encontra preso e os demais foragidos, a autoridade policial respondeu que 50% desses assassinos já foram identificados e devem ser presos a qualquer hora.

Provocado pela pauta da reportagem, Antônio Miranda Neto anunciou que nas noites de ontem (sexta-feira) e de hoje (sábado), a partir das 23 horas, as polícias Militar e Civil estariam deslanchando blitz em bares e casas noturnas de Parauapebas, com o objetivo de fazer com que a paz volte a reinar na cidade.

Governo e TRE discutem esquema de segurança para eleições municipais 2012

Antônio Silva/Ag. Pará

O governador Simão Jatene recebeu o presidente do TRE, desembargador Ricardo Ferreira Nunes, para tratar sobre a segurança durante o pleito deste ano

Faltando pouco mais de três meses para realização das eleições, o governador Simão Jatene reuniu, na manhã desta quarta-feira, 4, em seu gabinete no Comando Geral da Polícia Militar do Pará, com o presidente do Tribunal Presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Pará, desembargador Ricardo Ferreira Nunes, para tratar sobre a segurança durante as Eleições Municipais 2012.

Na ocasião, o desembargador apresentou ao chefe do Executivo Estadual um mapeamento dos 24 municípios paraenses que mais apresentaram problemas nas ultimas eleições. “Este é apenas um levantamento inicial que nós fizemos baseado no nosso histórico, mas que passamos agora à responsabilidade do Sistema de Segurança do Pará para que sirva como base para um novo mapeamento, com dados atualizados”, disse .

O secretário de Estado de Segurança Publica e Defesa Social, Luiz Fernandes, também participou do encontro e afirmou que a equipe do Sistema de Inteligência do órgão ficará responsável por fazer um novo mapeamento e deslocar equipes para garantir o policiamento nas áreas consideradas mais críticas. “Iremos trabalhar de forma integrada com o Tribunal e podemos garantir que durante a eleição os organismos de segurança estarão de prontidão em todos os municípios do Estado”, afirmou.

Esta foi apenas a primeira reunião para tratar sobre a segurança durante as eleições. O plano final com o mapeamento dos municípios que precisarão receber o reforço das tropas policias será apresentado  no dia 23 deste mês, durante um novo encontro entre o governador, o presidente do TRE/PA e a ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Carmen Lúcia. “Já tivemos uma experiência muito boa com o governo durante o plebiscito, realizado no final do ano passado. A parceria com a secretaria de Segurança Pública fez toda a diferença durante o pleito. Sabemos que as eleições municipais são mais acirradas e envolvem um numero muito maior de pessoas. Mas, temos certeza que a tranquilidade durante a votação será garantida”, finalizou o desembargador.

Durante o plebiscito sobre a divisão do Pará para criação dos estados de Carajás e Tapajós, realizado em dezembro do ano passado, mais de seis mil homens atuaram na segurança da população. Destes, 5.500 eram do efetivo da Polícia Militar, que esteve presente em todos os 143 municípios do Estado. As tropas federais também atuaram em parceria com a PM em 16 municípios.

Fonte: Agência Pará de Notícias

Vale não paga novo imposto de Jatene. Governador vai revogar benefícios concedidos à mineradora no Pará

Por Lauro Jardim –  Veja

Não está fácil a vida da Vale. Na quinta-feira, a empresa não depositou os 55 milhões de reais de uma recém-instituída taxa de mineração do governo do Pará.

Como não concorda com o tributo, não tirou o dinheiro do cofre. Foi a única mineradora que se negou a pagar. Preferiu a briga na Justiça.

Ao saber da inadimplência , porém, o governador Simão Jatene mandou preparar um projeto de lei revogando diversos benefícios da Vale, que desoneram fortemente suas exportações.

Clóvis Torres, consultor-geral da Vale, entrou em contato para acrescentar que a Vale entrou com uma ação no Pará, pois a bauxita foi reduzida para 0,5 UFP (unidade fiscal do Pará) e o governo local quer cobrar cobrar 3 UFPs da Vale.

No total,  seriam 800 milhões de reais, mais do que o orçamento de todo o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). A Vale, de acordo com Torres, crê que a Justiça reconhecerá o caráter arrecadatório da taxa, “que é inconstitucional, em virtude da discrepância entre o serviço a ser prestado para fiscalizar o setor e o valor cobrado”

Pará: servidores do Estado recebem salários de abril com aumento

Todos os servidores públicos do Estado do Pará recebem, a partir deste mês de abril, aumento de 5% no contracheque referente à inflação acumulada no país nos últimos doze meses. A confirmação foi feita pelo governador Simão Jatene, na tarde desta quinta-feira (19), no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, durante a inauguração do novo modelo da administração pública paraense, conhecida como Gestão para Resultados.

Além do reajuste com base na inflação, Jatene garantiu também para este mês a incorporação do abono de R$ 560 para o nível superior. A partir do aumento concedido, o vencimento-base das categorias de nível superior passa de R$ 622 para R$ 1.213,00. No caso dos servidores que ocupam cargos de nível superior, a secretária de Administração, Alice Viana, explica que ao vencimento-base somam-se ainda mais 80% de gratificação de escolaridade, resultando em R$ 2.183 de remuneração.

“Precisamos dar condições para o servidor público trabalhar e isto passa pela remuneração. Estamos concedendo o reajuste de 5% da inflação registrada no país e, para os servidores de nível superior, mais a incorporação de um abono de 80%. Isto significa dizer que eles terão todos os benefícios atrelados a este abono”, assegurou Simão Jatene.

Alice Viana afirmou que, além do abono, os servidores passam a ter também todos os direitos legais assegurados, no que se refere ao adicional por tempo de serviço, incidência de hora extra, gratificação de tempo integral, aposentadoria e demais vantagens que serão pagas já na folha de abril. O reajuste concedido às categorias ativas e inativas do Estado gera, segundo a secretária, um gasto de R$ 22 milhões a mais na folha de pagamento.

A secretária de Administração destacou, ainda, que o abono salarial do nível médio deverá ser incorporado num segundo momento, com o aumento da arrecadação estadual. “Vamos analisar a capacidade de crescimento da receita do Estado, e se for possível incorporá-lo até o fim deste ano, caso contrário, apenas em 2013”, informou.

O Estado também está concedendo aumento para os servidores da área da saúde. Segundo Alice Viana, a categoria recebe a partir deste mês elevação na remuneração de R$ 1.993 para R$ 2,6 mil. Jatene explicou que os servidores da área da saúde estão recebendo este aumento porque dependem, muitas vezes, do plantão e do sobreaviso como complemento salarial. “É uma equação que precisa ser feita, pois esses funcionários trabalham mais de 160 horas por semana, em alguns casos”, ponderou o governador.

Fonte: Agência Pará de Notícias

Sul do Pará: entidades se mobilizam pela recuperação de rodovias

Cansados de tanto esperar ao longo dos últimos anos e não conseguirem ver o problema resolvido, representantes de diversas entidades, entre elas OAB, igrejas, sindicatos e associações comerciais, estão se mobilizando para chegar ao extremo de bloquear rodovias no sul e sudeste, com o objetivo de chamar a atenção das autoridades governamentais. A primeira reunião para definir a data simultânea dos bloqueios ocorrerá dia 18 de fevereiro, sábado, a partir das 10h, no Centro Universitário Pólo Cesumar Eldorado dos Carajás, localizado à Rua Belo Horizonte, n° 41, KM 100.

A ideia é usar pneus e até tratores nos bloqueios das rodovias. “Vamos fazer uma manifestação pacífica e ordeira. Vamos avisar por intermédio da imprensa o dia e a hora dos bloqueios para que as pessoas fiquem sabendo com antecedência do que ocorrerá. No dia, só vamos liberar as rodovias para passagem de ambulâncias. Uma pessoa que já está sofrendo numa ambulância não pode pagar com sua vida pelos desmandos dos governantes. Chega de mortes nessas rodovias. Quase todo dia morre gente por causa desses buracos”, declarou o representante da OAB, o advogado Sérgio Moraes, diretor do Cesumar e dos coordenadores do movimento.

“Estamos contando com o apoio da Comissão Brandão nessa jornada. Todas as comissões Brandão nos municípios do sul e sudeste do Pará estarão juntas conosco nesta luta, que não é partidária, mas sim de todos os moradores da região”, afirmou a professora Silvana Moraes, esposa de Sérgio Moraes, e também uma das coordenadoras do movimento em Eldorado dos Carajás.

O vereador Odilon Rocha (PMDB) parabenizou a iniciativa das entidades por entender que elas estão fazendo uma coisa que deveria ser do poder público, isto é, lutar pela melhoria das rodovias do estado. “Apoio essa mobilização, que considero salutar, porque a situação das estradas no sul e sudeste do Pará é caótica. Isso é um câncer que enfrentamos no dia a dia”, disse ele, ao se referir aos buracos nas rodovias da região. O vereador Odilon anunciou que logo na primeira semana do início dos trabalhos legislativos fará um pronunciamento no plenário da Câmara, em apoio ao movimento de recuperação das rodovias na região.

O consultor de vendas Nilton Silva, morador de Eldorado dos Carajás, disse que estará no protesto pela recuperação das rodovias do estado, porque já está cansado de ter prejuízo por causa dos buracos. “No último final semana mesmo meu carro quebrou, inclusive com problema no radiador, por causa de um buraco. Com certeza a mobilização ajuda, porque estamos tendo só prejuízo e ninguém faz nada. Agora vamos ver o que acontecerá”, disse ele. Já o borracheiro Cleber Abreu Silva, que tem uma borracharia na beira da rodovia em Eldorado, disse que seu faturamento aumentou por causa de tanto pneu de carro furado nas estradas devido aos buracos. “Estou atendendo 24 horas. É muita procura. É motorista reclamando o tempo todo. Isso é uma vergonha. É só buraco. O governo do estado deveria recuperar logo essas estradas. Por um lado é bom para mim que sou borracheiro, mas por outro lado os buracos prejudicam a população. Não penso só em mim. Penso nos motoristas que sofrem de um modo geral, por isso eu também apoio o movimento”, destacou Cleber.

Ontem, 07, Bernadete tem Caten, deputada estadual pelo PT, deu entrada na Assembleia Legislativa do Pará em um requerimento onde solicita providências no sentido do imediato início das obras de recuperação das rodovias estaduais PA-275 no trecho Eldorado do Carajás-Parauapebas, PA-150 no trecho entre Marabá-Alça Viária e PA-287 sentido Redenção-Santana do Araguaia. Segundo a deputada petista, “só no ano passado mais de 5 requerimentos foram direcionados ao Governo de Estado e Ministério Público para que as obras fossem iniciadas. O juiz Alexandre Hiroshi Arakaki, de Parauapebas, determinou que o Governo do Estado tomasse atitude imediata com relação a um trecho da PA-150, e nada foi feito. Aliás, sou usuária frequente da rodovia e até hoje não vi obra nenhuma”. Bernadete está indignada com relação à situação CRIMINOSA em que se encontram as estradas neste estado.

Por Lima Rodrigues, correspondente em Eldorado dos Carajás

ALEPA: projeto que prevê a privatização dos serviços públicos foi adiado.

Por pressão dos trabalhadores em educação e outras categorias do serviço público estadual, a Assembleia Legislativa do Estado do Pará retirou da pauta de votação o Projeto de Lei que prevê a privatização da educação e outros serviços públicos.

O Projeto de Lei, nº 210/2011, ou PPP, denominado por Jatene, institui a parceria público-privadas para gerir a educação e serviços públicos ofertados à sociedade de grande importância, repassando à iniciativa privada. Esta lei na prática, precariza ainda mais a relação de trabalho e investimento na valorização do servidor público, que passa a ser gerido por empresas.

Se aprovado como quer Simão Jatene, serão privatizados serviços essenciais ao povo, desobrigando o governo do estado na garantia destes serviços:
1)    Transporte público
2)    Saneamento
3)    Produção e distribuição de energia elétrica
4)    Modernização da Administração Pública
5)    Educação, Saúde e Assistência Social
6)    Segurança Pública, Defesa, Justiça e Sistema Prisional
7)    Ciência, Pesquisa e Tecnologia
8)    Outras áreas públicas de interesse social

O projeto vai permitir que determinada empresa administre uma ou várias escolas ao mesmo tempo. Sendo que os recursos serão repassados diretamente à escola que terá uma direção nomeada pela própria empresa, que gerenciará o patrimônio público da escola, como recursos, prédios, funcionários, etc.

Lembramos que todas as privatizações protagonizadas pelos governos tucanos sempre beneficiaram os empresários “amigos do peito” de FHC / Almir Gabriel e Simão Jatene, senão vejam o que aconteceu com a Celpa, patrimônio paraense que foi vendida a preço de “banana” e que até hoje o dinheiro não apareceu.

Os trabalhadores estarão vigilantes quanto a mais esta tentativa de desmonte dos serviços públicos pelo governo omisso de Simão Jatene. Pois este modelo de governar não serve aos interesses dos trabalhadores, nem tão pouco aos paraenses. Por isto, o SINTEPP convoca a categoria para permanecer vigilante e atenta para barrarmos mais este ataque à educação, que agoniza mais ainda é um bem do povo, que necessita de investimentos e um governo que a valorize.

Fonte: Sintepp