Category Archives: Acidente

Trânsito: Pará mata mais

Segundo o jornalista Claudio Humberto, em sua coluna de hoje no Jornal do Brasil, os brasileiros morrem cada vez mais em acidentes de trânsito, e o Pará lidera, proporcionalmente, o ranking da tragédia: entre 2009 e 2010, cresceram  29%, saltando de 1.044 para 1.351 os casos de mortes em acidente com transportes. O levantamento é do Sistema de Informações de Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde. No total, 40.610 pessoas morreram assim em 2010 no Brasil. Em 2009 foram 37.594.

Imprudência no trânsito faz vítima em Eldorado dos Carajás

Um menor, de apenas 14 anos, foi esmagado por uma caminhonete hoje  pela manhã em Eldorado do Carajás. O fato ocorreu por volta das 6:00 horas quando o menor, ainda não identificado, não deu preferência para uma caminhonete D-20 no cruzamento das ruas Boa Esperança e Mato Grosso, no KM 100.

Na colisão moto e condutor foram arrastados pelo carro. O menor não usava capacete e por isto sofreu escoriações e um profundo corte na cabeça, sendo socorrido pelo condutor do carro, conhecido como Gonzaga, que logo em seguida se apresentou na Delegacia de Polícia Civil onde registrou a ocorrência.

O menor foi encaminhado para o Hospital Regional em Marabá com poucas possibilidades de sobreviver.

O trânsito em Eldorado do Carajás não conta com a organização de agentes de trânsito e o contingente da polícia militar disponibilizado para a região não é suficiente para ordenar o tráfego, fato que vem produzindo diversos acidentes na zona urbana, alguns fatais.

Por Francesco Costa – Eldorado dos Carajás

Soldado é morto com tiro acidental dentro de quartel em Belém

Um soldado do Exército morreu com um tiro acidental em um quartel em Belém do Pará. O corpo do soldado do exército Fábio Clayton Coelho dos Santos, de apenas 20 anos, morto nas dependências do estande de tiro do 2º Batalhão de Infantaria de Selva, foi liberado neste domingo.

A morte do militar aconteceu no final da tarde de sábado.

- O Exército diz que foi acidente, mas a história ainda está meio contraditória, não consigo aceitar. Amanhã eu vou lá no exército porque preciso ter mais esclarecimentos e saber como meu filho morreu e porque demoraram tanto em avisar – disse Clodoaldo dos Santos, pai do jovem morto.

De acordo com Bárbara Ferreira da Silva, amiga do militar morto, a família está revoltada, pois eles demoraram a ser informados sobre o ocorrido.

- Já que ele morreu com um tiro acidental, porque as mãos dele estavam enfaixadas quando recebemos o corpo dele? Além disso a família demorou a ter conhecimento do caso – questionou.

Segundo a assessoria de comunicação do Exército, o tiro de uma arma calibre 12 que atingiu o jovem teria sido disparado acidentalmente por um colega enquanto os dois faziam a segurança de instalações militares do batalhão.

Depois do disparo, a vitima foi encaminhado para o Hospital Militar, em Belém, mas teria falecido às 19h20 de sábado.

O exército informou ainda que um inquérito foi instaurado pelo comando do batalhão para apurar os fatos que envolveram a morte do militar. O nome do soldado que efetuou o disparo acidental não foi informado pela Corporação.

Fonte: O GLOBO

Mais um acidente na ferrovia da Vale que liga Parauapebas à São Luiz

foto_4 Ontem (18) houve mais um acidente nos trilhos da ferrovia que liga Parauapebas a São Luiz usada pela mineradora Vale para o transporte do minério de Carajás. O acidente, sem vítimas, aconteceu por volta das 14 horas em uma passagem logo após a estação de Açailândia-MA. Um caminhão quebrou em cima dos trilhos e foi atingido pela locomotiva. Os passageiros foram conduzidos para Açailândia e, de lá, seguiram viagem até São Luiz em ônibus contratados pela mineradora Vale.

Acidente: van com parentes do ex-prefeito Chico das Cortinas bate de frente com caminhão e nove pessoas morrem

Um Van (tipo Ducato Fiat) chocou-se  frontalmente com um caminhão pouco depois das 15:00 horas desta sexta feira, 23, e pelo menos nove pessoas morreram. Boa parte dos que foram socorridos, praticamente pertencem a uma mesma família,  que viajavam de Chapadinha para Parauapebas. Entre as vitimas, estão familiares do ex prefeito de Parauapebas Chico das Cortinas.

Todos os feridos, alguns em estado grave, foram conduzidos ao hospital municipal de Imperatriz (Socorrão) por veículos particulares pelo 3º Grupamento de Bombeiros Militar (3º GBM) de Imperatriz, que teve de utilizar alguns equipamentos para retirar os mortos das ferragens.

Entre as nove pessoas mortas há uma crianças. O motorista do caminhão, com fraturas nas pernas, ficou preso às ferragens até ser socorrido pelos Bombeiros. O acidente foi na rodovia MA-125, entre Vila Nova dos Martírios e São Pedro da Água Branca: conforme a reportagem conseguiu apurar, viajavam na van as seguintes pessoas:

Domingos Rodrigues de Sousa
Cleónes Rodrigues de Sousa
Claudionor Rodrigues de Sousa
Clelson Rodrigues de Sousa
Natan Sales de Sousa
Marcela de Sousa (mãe dos menores Sara e Clara) que também estavan na Van)
Keila Rodrigues de Sousa
Alcione Rodrigues de Sousa
Carlos Augusto Lima Pereira
Mauro de Sousa Santos
Angela Maria da Conceição (mãe dos menores Melc e Werick), que também estavam na Van
Antonio Alves Pereira
Adonildo Mendes
Vangleide Castro Cardoso
Bernardo Gonçalves da SilvaJoana D’arc Silva Costa

Os nove corpos estão na funerária Pax-Açailândia, cujo proprietário, de pré nome Jonildo, esteve no local do acidente, e recolheu os fatalizados, levando-os, sem observar os procedimentos legais, já que, inicialmente, essa responsabilidade é do IML (Instituto Médico Legal) após serviços periciais do ICRIM (Instituto de Criminalística).

O que mais chama atenção, é o silêncio da Policia Civil de Açailândia, onde Jonildo demonstra ter amizades que fazem vistas grossas a esse comportamento. Os funcionários do IML de Imperatriz chegaram a garantir que, na noite de ontem, os corpos teriam passado pelos procedimentos do órgão estadual, permitindo que fossem liberados mais cedo para os familiares, ato que agora demandará tempo, já que agora entram em fase de decomposição.

Mesmo não identificados oficialmente, a reportagem já pode adiantar, que, entre os nove mortos, está a criança de pré-nome Clara, que aparenta cerca de cinco anos, e a mãe dela (Marcela), esposa de Clelson, que juntamente com a filha Sara, encontram-se hospitalizados.

Fonte: Rádio Nativa – Imperatriz -MA

Fotos do incêndio em depósito da prefeitura de Parauapebas neste domingo

Camera 360

Camera 360

Camera 360

Camera 360

As imagens acima são de um incêndio em depósito alugado pela Prefeitura Municipal de Parauapebas, localizado na PA-160, acesso à Canaã dos Carajás, para servir de almoxarifado, já que o local que hoje existe será transferido para a mineradora Vale que deverá construir o Anfiteatro em pagamento de acordo das Horas in itineres.

Segundo informações o incêndio se deu após o rompimento e consequente quebra de um poste da rede Celpa, vindo os fios energizados a caírem em cima do almoxarifado onde estavam algumas carteiras de estudantes da PMP.

A ação dos bombeiros não impediu que a construção viesse a desabar. Uma enorme nuvem de fumaça ruma ao centro da cidade.

Atualização:
Segundo um funcionário da PMP o local alugado pertence a SEDUC e não a SEMAD.

Fotos: Vinícius Azevedo Parreira (@VinnyAP)

Prefeito toma susto ao descer a Serra dos Carajás

O prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, e seu motorista tomaram um grande susto ontem a tarde quando desciam a Serra dos Carajás depois de uma reunião com a direção da mineradora Vale. O veículo em que estavam bateu em um caminhão de combustível na Rodovia Raimundo Mascarenhas, estourou um pneu e desceu o barranco causando um tremendo susto aos passageiros. Felizmente ninguém se feriu.

Ônibus pega fogo após sair de Marabá com destino a Teresina – PI

Um ônibus da empresa Boa Esperança, que saiu de Marabá rumo a Teresina-PI, pegou fogo no início da tarde do último domingo, no km 40 da BR-222, próximo a Bom Jesus do Tocantins. O veículo transportava 20 passageiros e quando o motorista percebeu o sinistro o fogo já consumia o motor, segundo apurou a reportagem do Jornal Correio do Tocantins.

De imediato, ele parou e avisou o fato aos passageiros, que ainda tiveram tempo de retirar as bagagens antes de as chamas consumirem todo o ônibus, que ficou completamente destruído.

Ouvido pela reportagem, Alcides Rodrigues da Silva, encarregado da Boa Esperança em Marabá, confirmou o episódio, mas garantiu que todos os passageiros saíram do veículo ilesos e meia hora depois outro ônibus teria chegado ao local para apanhar os passageiros e continuar a viagem. “Na hora que aconteceu o fato o motorista me ligou e entrei em contato com outro condutor da empresa aqui em Marabá. Fomos para lá e prestamos apoio imediato aos passageiros”, garante.

De acordo com Alcides, o ônibus destruído foi conduzido por um guincho para Belém, onde passará por perícia para identificar as causas do incêndio.

A reportagem do CT procurou, na Rodoviária de Marabá, a representação da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), para saber se a entidade investigou as condições do acidente. Cícero Paulino, técnico em regulação, informou que só hoje a equipe local ficou sabendo do sinistro, mas que não pode ir ao local porque não dispõe de veículo nem recebeu autorização da chefia, em São Luís-MA.

Cícero disse que quando acontece um imprevisto na viagem, como acidentes, sinistros, a empresa tem a obrigação de enviar outro veículo para apanhar os passageiros em até 2 horas após o fato.

Por Ulisses Pompeu – CT

Após 3 semanas empresa não se manifesta sobre estrutura metálica de templo que caiu em Parauapebas

AcidenteIgreja 027A empresa G.Alves, responsável pela construção da estrutura metálica do gigantesco Templo que a Igreja Assembleia de Deus está construindo em Parauapebas que caiu há 3 semanas devido a erros no projeto, não tem engenheiro habilitado no CREA em Parauapebas, como manda a lei.

A empresa, que prometeu emitir nota explicando o desmoronamento ainda não se manifestou. A direção da igreja também nada disse até o momento. O responsável técnico pela obra, que deveria explicar os motivos que levaram a enorme estrutura metálica a cair é de Belém e também não se pronunciou.

Não houve abertura de inquérito policial para apurar a causa da queda, mesmo que o acidente tenha provocado danos em três funcionários. O referido templo que a Assembleia de Deus está construindo promete ser o maior Templo Evangélico do Brasil, com cerca de 45 mil lugares para abrigar os fieis, estrutura para receber fieis de outros municípios  e espaços para reuniões e ainda uma boa estrutura de lazer.

Avião Baron cai no sul do Pará

Um avião Baron caiu agora há pouco ao tentar pousar na pista da Fazenda Primavera, de propriedade do pecuarista Rafael Saldanha de Camargo, em Eldorado dos Carajás. Segundo as primeiras informações a aeronave pegou fogo depois de um pouso turbulento na pista da fazenda.

Não houve vítima fatal e os feridos estão sendo retirados do local por ambulância cedida pela prefeitura de Curionópolis. Ainda não se sabe quantas pessoas estavam na aeronave que estava levando convidados para uma festa que acontece na sede da fazenda nesta sexta-feira.

Há informações de que o avião era do empresário Luiz Pires, que também tem propriedade no sul do Pará. Os nomes dos tripulantes e passageiros ainda não foram informados, apenas que não houve nenhuma vítima fatal.

Em breve mais informações.

Atualização:

A aeronave, prefixo PT-JEP com um piloto e dois passageiros, caiu após uma decolagem mal sucedida, e não quando pousava. Os feridos sofreram queimaduras nas mãos, tórax e faces e foram encaminhados ao Hospital das Clinicas de Parauapebas, onde receberam os primeiros socorros e removidos hoje pela manhã para Goiânia, onde serão reavaliados e tratados. A aeronave tinha como destino o município de São Felix do Xingu, tendo no comando o piloto Dário M. Ferreira, 72 anos, da reserva da aeronáutica, e com grande experiência de voo. Os dois passageiros eram João Cléber, 50 anos e Francisco Torres, 45 anos, fazendeiros na região de São Félix do Xingu que visitavam a região à negócios. Na operação de salvamento inicial, aviões locais voaram da Fazenda Serra Grande, em Parauapebas, até a Fazenda Primavera, em Curionópolis, onde as vítimas foram resgatadas e trazidas para Parauapebas.

A autoridade aeronáutica já iniciou as investigações para apurar os motivos da inesperada queda.