Category Archives: Parauapebas

Ramal Ferroviário prepara 250 trabalhadores em Parauapebas e Canaã dos Carajás

As vagas serão ofertadas pelo Projeto por meio de cursos do Programa de Preparação para o Mercado de Trabalho (PPMT) da Vale

O Projeto Ramal Ferroviário Sudeste do Pará, da Vale, abre 250 vagas para cursos gratuitos em Parauapebas e Canaã dos Carajás, por meio do Programa de Preparação para o Mercado de Trabalho (PPMT), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Na primeira etapa de 2013, no município de Canaã dos Carajás serão disponibilizados cursos para armador, pedreiro, carpinteiro e ajudante de produção. Em Parauapebas, serão abertas turmas para pedreiro, carpinteiro e ajudante de produção. As inscrições serão nos dias 4 e 5 de abril.

Com os cursos, a Vale vai proporcionar ao moradores dos dois municípios acesso à qualificação mínima necessária para as oportunidades de emprego geradas com a implantação do Projeto Ramal Ferroviário Sudeste do Pará. A iniciativa também atende às solicitações da comunidade de investimentos em capacitação, feitas durante as Reuniões Prévias e Audiência Pública do Projeto Ramal Ferroviário Sudeste do Pará, em 2011.   

As inscrições acontecem simultaneamente em Parauapebas e Canaã dos Carajás e, logo após, os candidatos serão submetidos a uma prova. O resultado deve ser divulgado no dia 12 de abril. As aulas estão previstas para iniciarem nos dias 15 e 16 de abril, em Canaã dos Carajás e Parauapebas, respectivamente. 

Sobre o Programa

O PPMT é promovido pela Vale em regiões onde a empresa desenvolve projetos de capital, com a capacitação profissional em cursos que aumentam o nível de empregabilidade das comunidades onde atua. A população participa da escolha dos cursos e a realização dos treinamentos é na própria comunidade. Na segunda etapa, outras 200 vagas gratuitas serão ofertadas em Parauapebas e Canaã dos Carajás, nas áreas de serviços e de construção civil.

Serviço

  • Quando se inscrever: 4 e 5 de abril, em horário comercial.
  • Onde:
    Parauapebas: no Centro de Educação Profissional (CEP), que funciona no Senai, na rua F, número 164, Cidade Nova.
    Canaã dos Carajás: no Sistema Nacional de Emprego (Sine), que fica no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (CIAC), na Rua JK, s/n.

Shows do 25º aniversário de Parauapebas

Lulu Santos

Lulu Santos – Dia 10/5

Elba Ramalho

Elba Ramalho 11/5

Gaby Amarantos

Gaby Amarantos – 11/5

Os shows serão realizados no espaço do Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas – Siproduz. Haverá ainda um show gospel e um católico, além de bandas regionais. Durante a semana, no CDC, serão expostos documentos históricos relacionados à emancipação político-administrativa de Parauapebas, entre outras ações.

Comunicado Saaep

Sobre a regularização do abastecimento de água no município:

A Prefeitura de Parauapebas, através do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep), comunica a população que após manutenção feita na rede de abastecimento de água do município no último fim de semana, o fornecimento será regularizado até essa quarta-feira, 3 de abril de 2013.

Ascom PMP

Fadesp divulga nova data para aplicação de TAF referente ao concurso para agente de trânsito em Parauapebas

A Prefeitura de Parauapebas aplicará um novo Teste de Aptidão Física (TAF) para o concurso de 2012, destinado ao preenchimento de vagas para Agente de Trânsito e Transporte. Confira o Edital.

Apesar de o TAF já ter sido aplicado anteriormente, a Comarca de Parauapebas, por determinação judicial, fez pedido de reaplicação dos testes. As novas provas físicas continuarão tendo caráter exclusivamente eliminatório.

Nos dias 27 e 28 de abril, às 8h, os candidatos classificados para esta etapa deverão comparecer ao Ginásio Poliesportivo, Rua Rio Grande, bairro Beira Rio 1, em Parauapebas.

Os concorrentes precisam comparecer ao local com uma hora de antecedência, portando documento original com foto, trajando vestimenta e calçados próprios para a realização das atividades físicas.

O TAF será dividido em duas partes. Biometria, com apresentação de atestado médico, com parecer “Apto para realizar a Prova de Esforço Físico”, expedido por um médico. E Prova de Esforço, dividida em três testes: Corrida de 50m; exercício abdominal (um minuto); corrida de 12 minutos.

Todos os testes ocorrerão no mesmo dia. A soma das três atividades deve ser de no mínimo 151 pontos. Não alcançando estes pontos, o candidato será eliminado do concurso.

Recursos Administrativos
As solicitações dos recursos deverão ser encaminhadas em até dois dias úteis após a divulgação do resultado. Os modelos de solicitação estão disponíveis no Anexo 3 do edital de abertura. Os recursos poderão ser enviados por FAX (91) 4005-7433 à Comissão Executora do Concurso Público, na FADESP, no horário de 9h as 17h. Ou apresentados diretamente no Protocolo da Prefeitura de Parauapebas. As decisões serão divulgadas em até cinco dias úteis após o último dia do prazo de recebimento.

Fonte: ASCOM Fadesp

Técnico de enfermagem é preso sob a acusação de estuprar jovem dentro do Hospital Municipal de Parauapebas

20130401_163018Encontra-se preso preventivamente na 20ª Seccional de Polícia Civil em Parauapebas o Sr. Adams Almeida Gomes (foto), brasileiro, solteiro, técnico de enfermagem, natural de Marabá-PA, 28 anos, residente e domiciliado em Parauapebas. Ele está sendo acusado de no dia 27 de março de 2013, sem consentimento,  ter mantido relações sexuais com a paciente C.J.C., 19 anos, nas dependências do Hospital Municipal de Parauapebas.

Segundo informado, a menor deu entrada no HMP por volta das 17:30 horas do dia 27 queixando-se de fortes dores de cabeça e febre, recebendo pronto atendimento médico e encaminhada para a enfermaria sob os cuidados do técnico de enfermagem Adams para que este lhe ministrasse a medicação prescrita.

A vítima afirma que o funcionário a encaminhou a uma sala de medicação oferecendo-lhe um medicamento que, segundo ele, seria “Dipirona”. Conta a vítima que Adams ainda preparou uma medicação injetável, solicitando que a mesma abaixasse a calça jeans que trajava. Nesse momento, contou a vítima à autoridade policial, sentindo-se sonolenta, recebeu de Adams o oferta para que o mesmo a ajudasse com as calças, tendo o mesmo aplicado uma medicação nas nádegas. 

Logo depois, continua a vítima, Adams ofereceu-lhe um novo comprimido alegando ser outra “Dipirona”. Fato que levou a jovem a estranhar,  tomou já que confiava nos procedimentos profissionais do téc. de enfermagem.

A vítima conta que após esse procedimento foi encaminhada à uma sala de observação no HMP, onde dormiu profundamente, sendo acordada horas depois pelo acusado que a conduziu para a sala de medicação anterior. Nessa sala Adams, afirma a vítima, deu início a uma conversa onde a questionava sobre sua vida amorosa, no mesmo momento em que, munido de um estetoscópio, ergueu sua blusa e abaixou as calças da vítima, indagando-lhe se podia tocá-la.  Sem saber se era um procedimento clínico, a inocente vítima consentiu, interrompendo-lhe após sentir fortes dores na vagina. “Você não pode fazer isso pois sou virgem, evangélica e não quero isso”, afirmou a vítima ao acusado.

Adams comunicou-lhe que a mesma estava sangrando, fato percebido pela menor. Nesse momento a vítima tentou levantar-se e verificou que Adams estava com o pênis ereto. Foi quando pediu ao mesmo que a levasse de volta ao leito anterior. Adams fechou o zíper de sua calça e atendeu seu pedido, Lá chegando, sentindo-se sonolenta, disse se lembrar que o acusado a questionava sobre assuntos alheios ao seus trabalho, sobre namoro e vida sexual.

Passado algum tempo a vítima foi ao banheiro, percebendo ali que sua roupa íntima suja de sangue. Conta a vítima que Adams lhe ofereceu outra medicação, mas esta foi recusada pela vítima. A menor afirma que Adams tentou novamente tocá-la mas foi impedido.

Sem saber como se portar em relação a tal situação, somente no dia 29 a vítima teve coragem para informar o ocorrido  à sua mãe, que mora em Jacundá.

Inconteste, o pai da vítima compareceu até a 20ª Seccional de Polícia de Parauapebas, relatando os fatos ao delegado Thiago Carneiro Rodrigues e ao escrivão Alexandre Ferreira. O delegado, após o resultado do exame sexológico forense que comprovou a versão da vítima, encaminhou à justiça um pedido de prisão preventiva do enfermeiro.

Após análise da representação encaminhada, o juiz Líbio de Araújo Mouro determinou a prisão de Adams como medida cautelar, sendo o mesmo preso na tarde de sábado pelo investigador Valmir Franco, daquela Seccional.

Adams está sendo acusado de infringir o parágrafo primeiro do artigo 217-A do Código Penal (seduzir ou praticar ato de conjunção carnal com incapaz) e, se confirmados os fatos, poderá pegar de 8 a 15 anos de prisão.

Segundo o delegado presidente do inquérito, Adams deve ser ouvido até amanhã e depois será transferido para Marabá em virtude de na Depol local não haver como garantir sua segurança.

Nos corredores da Depol o Blog foi informado que o acusado já conhecia a vítima e que esse tipo de conduta anti-profissional lhe era peculiar nos outros locais onde prestou serviço. A autoridade policial não confirmou essa informação, todavia, disse que ao longo da investigação, caso verdadeira, isso deverá aparecer.

A Secretaria de Saúde de Parauapebas não emitiu nenhuma nota sobre o caso, mas assim que informado do ocorrido, o secretário de saúde de Parauapebas, Dr. Rômulo Pereira Maia, afastou temporariamente o enfermeiro de suas funções e auxiliou a polícia prestando todas as informações solicitadas. Via telefone o secretário disse que sente muito o ocorrido e que colocou todo o corpo clínico da Semsa à disposição  da família e que acompanhará pessoalmente o caso.

Adams Almeida Gomes é concursado da Secretaria de Saúde de Parauapebas sendo admitido em 30 de junho de 2010 para prestar serviço na emergência do Hospital Municipal de Parauapebas.

Atualização às 20:35 horas

Nota de Esclarecimento

Sobre a acusação que incide sobre o técnico de enfermagem lotado no Hospital Municipal de Parauapebas, Teófilo Soares, a Prefeitura Municipal de Parauapebas esclarece que:

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) já adotou as medidas administrativas exigidas, como o afastamento do servidor efetivo, no sentido de verificar a possível infração praticada no exercício de suas funções. O servidor faz parte do quadro de pessoal da Semsa desde 2010, após ser aprovado no concurso público realizado no ano de 2009.

Já foram tomadas também as providências para abertura de uma sindicância, que tem como finalidade a apuração do fato. Além disso, a Semsa ofereceu apoio à vítima, assim como a sua família, e está colaborando de forma irrestrita com as investigações da polícia.

Conselho Regional de Farmácia oferecerá serviço de plantão da diretoria em Parauapebas no dia 03

136441540320782MalaDireta_Plantao_Parauapebas_Dr._Daniel_03.04_Baixa_Resol

Homem foi preso após tentar assaltar e raptar adolescentes em Parauapebas. Antes da PM chegar houve uma tentativa de linchamento por populares

Denúncia registrada no Disque Denúncia Parauapebas na última sexta-feira (29), informava que na Rua Cristóvão Colombo, Bairro Altamira, um homem tentou assaltar duas adolescentes e levar uma delas com ele, porém, foi pego por populares que o lincharam.

Imediatamente a denúncia foi passada para a Polícia Militar que enviou os policiai militares sargento Pimentel e Soldados Eliel e Costa. A guarnição prendeu Paulo Vítor Cruz, 18 anos ainda no local do delito e o apresentou na 20ª Seccional de Polícia Civil, onde está à disposição da justiça. O flagrante foi mantido pelo juiz Líbio de Araújo Moura.

Jamila Azevedo será a representante de Parauapebas no Miss Pará 2013 (atualizado)

image

Esta é Jamila Azevedo, 24 anos e representante do município de Parauapebas na 55ª edição do concurso Miss Pará 2013. A vitoriosa no concurso será a candidata paraense para representar o Estado e sua cultura no Miss Brasil 2013.

imageO evento acontece no próximo dia 9 de abril na Assembleia Paraense, em Belém, e será transmitido ao vivo pela RBATV, canal 30 em Parauapebas.

Vinte e cinco candidatas participarão do Miss Pará 2013.

Em Parauapebas Jamila já foi Rainha FAP por duas oportunidades. Consta em seu currículo de concursos a conquista de 1ª Princesa da Expoama 2012, em Marabá.

Em 2012 a vencedora do Miss Pará foi Layse Souto, representante do município de Salinópolis. Ela estará no evento para coroar a vencedora em 2013.

Atualização
Jamila mede 1,71 metros e pesa 63 quilos. Atualmente trabalha como modelo profissional e cursa inglês, língua que, segundo ela, toda Miss deve falar. É a primeira representante de Parauapebas no Miss Pará que nasceu no município, sendo que seus pais moram aqui desde  1988.

Jamila se diz preparada para concorrer e diz ter grandes expectativas, já que participa quebrando o tabu de que Miss atualmente tem que ser extremamente magra, como modelo de passarela. “Todos nos sabemos que a beleza da mulher brasileira não é inspirada nesse tipo de beleza. E é nisso que me apoio para ganhar mais esse titulo. E claro conto com a ajuda de Deus e o apoio da minha família, amigos e de toda a população do meu município”, diz Jamila.

Em contato com o Blogger, Jamila registrou agradecimento à Prefeitura Municipal de Parauapebas, através do prefeito Valmir Mariano e do Chefe de Gabinete, Zé Omar Arrais, além da empresária Célia da Integral,  que não mediram esforços para ajudá-la.

Boa sorte, Jamila!!!

Programação semanal da Casa das Artes Parauapebas

programa1

Clique na imagem para uma melhor visualização

Não é o momento de jogar este governo aos leões.

Alguns leitores vêm criticando a forma como este Blog vem agindo desde o início do governo de Valmir Mariano Queiroz. Cobram postagens repreendendo supostas inoperâncias de um governo que foi eleito sob o jargão da mudança.

Agora em abril este Blog completa o seu quinto aniversário de lançamento. Lá por meados de abril de 2008 ele foi ao ar com o objetivo de trazer a visão deste Blogger sobre os assuntos locais. No início comentávamos sobre Parauapebas, depois região. Hoje procuro replicar aqui as notícias de todo o Estado do Pará e em especial as referentes aos 39 municípios que um dia formarão o Estado do Carajás.

Nesses cinco anos critiquei, apontei problemas e erros cometidos por quem foi eleito para melhorar a vida da população. Mostrei também as qualidades e acertos que, sempre em minha opinião, trouxeram ganhos ao nosso povo.

Quando emito críticas, as faço às entidades gestoras, aos governos. Nunca, em hipótese alguma às pessoas. Não levo nada para o pessoal, pois acredito que meus leitores não gostariam de ver aqui exposições levianas sobre a vida de ninguém, seja este ente público ou não. É importante criticar e mostrar soluções.

Acredito que erros aconteceram, acontecem e acontecerão sempre. Assim como acredito que nenhum ente público assume um cargo tendo como único e exclusivo objetivo o de roubar. Nosso sistema político, arcaico e ultrapassado, permite equívocos que transformam, via de regra, boas pessoas em políticos ruins, cafajestes, até em inescrupulosos.

O brasileiro vota mal. Na maioria das vezes troca seu voto por areia, cimento, gás, passagens, infinitas lembrancinhas que naquele momento o satisfaz, e, pior, pela enganação de pessoas preparadas para ludibriar o eleitor com promessas que nunca serão cumpridas. Depois, munido de uma consciência política repentina e intimorata, quer cobrar do eleito às promessas de campanha.

Conta a lenda que certa vez um político acostumado a se eleger usando o dinheiro passou na casa de um eleitor e negociou os seis votos da família, pagando em cash por eles. Eleito, alguns meses depois recebeu em seu gabinete a visita daquele chefe de família, tecendo-lhe palavras de baixo calão e cobrando-lhe responsabilidade no trato da coisa pública já que teria sido eleito com a ajuda daqueles seis votos. A resposta do eleito foi simples: “eu não lhe devo nada! Comprei e paguei pelo seu voto, ponha-se pra fora daqui”.

Eu pergunto a você, leitor. Teve razão o tal eleitor comprado ao cobrar do político que o pagou? Quem é mais corrupto, o político que não aplica corretamente os recursos ou o eleitor que vende seu voto a ele?

Voltando ao ponto objeto deste post e para que fique bem claro o modo de pensar deste blogueiro, não participei e nem apoiei a campanha que elegeu o atual governo, todavia, acredito que ele tem muita chance de dar certo. Torço por isso! Torço porque tenho amigos que lutaram incansavelmente pela eleição de Valmir Mariano e porque acredito ser ele uma pessoa bem intencionada e capaz de conduzir este município com honestidade e coragem pra enfrentar os problemas que aparecerão.

Penso não ter passado tempo suficiente para que as mudanças prometidas por Valmir Mariano durante a campanha sejam vistas. Acredito que ele merece o aval de toda a população de Parauapebas para que estas mudanças sejam implantadas, por isso ainda não irei tecer nenhum comentário ao seu governo nesse primeiro momento. Como disse antes, ele já cometeu alguns erros e irá cometer outros. Valmir vem da iniciativa privada e aos poucos irá se adequando ao público.

Criticar por criticar nunca foi o papel deste Blog. Não tenho nenhuma ligação com o atual governo, nada me foi prometido. Não tenho, por hora, o que reclamar dele já que não criei expectativa sobre suas ações. Outros, pelo contrário, reclamam e o tem como a imagem de Satanás na Terra, se dizendo enganados politicamente. Eu não posso e não devo fazer isso. A mesma responsabilidade que ao longo desses cinco anos sempre foi encontrada aqui será mantida até que eu resolva parar de escrever.

Minhas opiniões se baseiam em fatos. Não tenho a mácula do ódio em meu coração e jamais usei ou usarei do sensacionalismo para tentar aparecer ou alcançar acessos. Clamar por ação do Ministério Público, falar mal dos que aplicam a justiça se julgando o paladino dela e publicar versões fantasiosas que atendem aos interesses de alguns e que facilmente podem ser desmentidas nunca fizeram parte do portfólio deste Blog, mas, pasmem, tem gente que gosta disso.

Algumas ações, guardado o devido tempo, serão cobradas por mim junto ao atual governo. Este Blog não será inerte e conivente com erros primários, com a desonestidade e com a safadeza. Tais cobranças serão feitas de maneira civilizada, sem alarde e sem o sentimento de ódio.

Aos que nesse primeiro momento pedem por sangue e, lembrando o tempo dos gladiadores, abaixam o polegar para este governo, sinto decepcioná-los! Também quero uma Parauapebas melhor e acredito que pressionar o governante agora não o fará tomar decisão alguma que mude o norte do planejamento.

Durante a campanha disse aqui que Parauapebas não era um município fácil de governar, embora tenha recursos para isso. Valmir e sua equipe parecem, agora, acreditar nisso. Parauapebas é um município sui generis, onde os problemas com a migração crescem concomitantemente aos recursos arrecadados, onde a cada dia cresce a necessidade por escolas, por moradia, por água… É preciso planejar Parauapebas para o futuro, e, acreditem isso é complicado quando se tem que matar um leão por dia.

Em virtude disso, queridos e fiéis leitores, vamos dar tempo ao tempo. Objurguemos fatos pontuais do governo Valmir Mariano sem desqualificá-lo por inteiro. Isso não será bom pra ninguém e servirá apenas aos interesses de poucos que acreditam poder fazer melhor em menos tempo.

Eu optei por esperar, meu polegar estará ereto por algum tempo. Espero que pra sempre!