Category Archives: Marabá

Morre Paulinho do Sindicom

Paulinho do SindicomFaleceu hoje (15), por volta das 16 horas, em Marabá, Paulo Cesar de Carvalho Lopes, o Paulinho.

Ele foi o primeiro secretário da Associação Comercial e Industrial de Marabá e era presidente licenciado do Sindicato do Comercio de Marabá (Sindicom).

O velório teve início hoje, às 18 horas, na Igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira, localizada na Avenida Antônio Vilhena, no Bairro Laranjeiras, em Marabá.

Paulo estava internado há meses em virtude de um agressivo câncer de pulmão.

Polícia Civil prende suspeitos de matar advogado em Marabá

A Polícia Civil prendeu em Marabá, no sudeste do Pará, dois homens acusados de envolvimento na morte do advogado George Antônio Machado. Vagner Vieira Matos e Rodrigo Carvalho da Silva tiveram mandados de prisão temporária decretados pela Justiça, em decorrência das investigações da Polícia Civil. A Justiça também concedeu mandados de busca e apreensão às casas dos acusados, o que resultou na apreensão de munições de diversos calibres.

PC prende suspeitos de matar adbogado em Marabá

As diligências policiais levantaram informações sobre o homicídio desde o dia da ocorrência, no último dia 3. Durante as investigações, a Polícia Civil chegou a uma testemunha que reconheceu os dois acusados do crime e a motocicleta usada pela dupla para chegar ao local onde estava a vítima. O veículo foi encontrado. Os policiais civis também apreenderam uma espingarda, uma pistola de pressão e um revólver calibre 38. Esta última seria a arma usada para ceifar a vida da vítima.

Em depoimento, os presos negaram envolvimento no crime. Segundo o delegado Dauriedson Bentes, as investigações sobre o crime prosseguem. “Existem duas linhas de investigação. A primeira é de que o crime foi um latrocínio, pois o celular da vítima foi levado e existem notícias de testemunhas que ouviram quando os criminosos pediram o celular da vítima no momento do crime. A segunda hipótese é a insatisfação de um traficante de drogas que não conseguiu ser colocado em liberdade após ter sido supostamente defendido pelo advogado”, detalha. (Polícia Civil do Pará)

Canaã dá aula de vacinação para Marabá, Parauapebas, Tucuruí…

Delboni-HPV-cortada-475x240Os municípios da região sudeste do Pará que quiserem saber como alcançar as metas de vacinação devem procurar o departamento de imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Canaã dos Carajás, que tem alcançado as metas nas últimas campanhas vacinais.

Na última campanha, contra HPV, Canaã dos Carajás tirou nota 10 ao ultrapassar a meta estabelecida, ficando com 119% do total de meninas entre 11 a 13 anos que deveria imunizar. Para isso, a equipe coordenada pela enfermeira Helen Cássia, do departamento de Imunização montou uma estratégia e foi atrás de adolescentes de escola em escola do município, ultrapassando a meta do Ministério da Saúde, para vacinação mínima de 80% do total previsto.

A campanha de vacinação contra HPV foi deslanchada no mês de março e encerrou dia 31. Os dados foram lançados no sistema do Ministério da Saúde e podem ser acessados através do link http://pni.datasus.gov.br/consulta_hpv_14_C01_Estado.php?uf=PA.

Em Parauapebas, a meta não foi alcançada. Até hoje, quinta-feira, dia 9, o município vacinou apenas 57,43% do que estava estabelecido pelo Ministério da Saúde. Tucuruí chegou aos 81,04%, mas Marabá é o que registra o índice mais sofrível entre todos eles, com apenas 23,69% das mais de 6.300 vacinas.

Isso se justifica, em tese, porque a equipe de vacinação tinha disponível apenas um veículo para percorrer as escolas e, além disso, porque não recebeu condições para ir à zona rural aplicar nenhuma dose.

Mais de 40 mil pessoas residente em mais de 120 vilas na imensa zona rural de Marabá e o departamento de Imunização do município não fez o dever de casa para levar as vacinas para as meninas que residem fora da área urbana, o que é considerado grave.

Curionópolis vacinou 87% do total previsto, Jacundá apenas 35%, Itupiranga 48,18%, Eldorado do Carajás 52,34%, São Domingos do Araguaia 23,75% e Nova Ipixuna 22,11%.

Atualização às 11 horas de 11/04

Marcelo Cláudio Monteiro da Silva, diretor de Vigilância em Saúde do município de Parauapebas informou há pouco que o município recebeu apenas 5000 doses da vacina, embora fossem necessárias mais 3500 doses. O diretor informa ainda que as 5000 doses foram aplicadas em apenas quatro dias, tempo recorde, todavia, por uma questão de logística não foi possível colocar os dados no sistema do Datasus. O município já solicitou as vacinas para que todas as aptas a receberem sejam beneficiadas.

Imposto de Renda 2014: Receita Federal em Marabá já recebeu mais de 39 mil declarações.

A Receita Federal em Marabá recebeu até o final do dia de ontem, 08 de abril,  39.938 declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2014.

Segundo Max Wells de Carvalho Ramos, delegado da DRF em Marabá, em toda a circunscrição da DRF Marabá, que conta com 37 municípios, os que mais apresentaram declarações foram Marabá, com 6.572 declarações, o que equivale a 32% do esperado; e Parauapebas, com 14.568 declarações, 49% do esperado.

O diretor lembra que a declaração deve ser apresentada pela Internet, mediante a utilização do Programa Gerador de Declaração, disponível no sítio da RFB na Internet, ou pelo m-IRPF (através dos dispositivos móveis smartphones e tablets).

Juiz autoriza que ex-deputado federal Asdrúbal cumpra pena em Marabá

Asdrubal

O juiz Lucas Nogueira Israel, da Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal, autorizou o ex-deputado federal paraense Asdrúbal Bentes a cumprir pena em casa em Marabá. O ex-parlamentar está em prisão domiciliar desde março por causa da condenação por esterilização irregular de eleitoras.

Ele foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a uma pena de 3 anos, 1 mês e 10 dias. No Brasil, as penas inferiores a quatro anos devem ser cumpridas no regime aberto, na casa do albergado. Mas, como em Brasília não existe casa do albergado, o juiz autorizou a prisão domiciliar. A autorização de transferência para Marabá foi assinada ontem (08).

De Marabá, Patrick Roberto, do Correio do Tocantins, informa que o ex-deputado desembarca no Aeroporto de Marabá nesta quinta-feira, dia 10 de abril, e deverá ser recepcionado por centenas de amigos, correligionários e admiradores, às 11 horas. Ainda segundo Patrick, um grupo está se organizando para lhe prestar solidariedade e uma homenagem pelos anos que dedicou a representação do sul e sudeste do Pará na Câmara Federal, como o parlamentar que mais trouxe recursos para a região em mais de duas décadas. Ontem, o mesmo grupo de amigos já espalhou outdoors pela cidade com mensagens solidárias a Bentes.

Do aeroporto, o ex-deputado será acompanhado em carreata até a sua residência, no Bairro São Félix.

Menor diz ter sido estuprada em delegacia no Pará

Uma adolescente de 17 anos afirma ter sido estuprada por dois policiais civis em Marabá, cidade a 554 km de Belém. Segundo relato da jovem, os abusos foram praticados em uma delegacia e no quarto de um hotel perto da casa de um dos acusados.

O caso é de 11 de janeiro, mas será relatado oficialmente ao Ministério Público Estadual nesta segunda-feira, 7, que promete investigar os fatos, considerados “extremamente graves”. Enquanto isso, o investigador Marcelo Serra Rocha e o escrivão Jorge Tadeu do Espírito Santo Guilhon, já indiciados por estupro, continuam trabalhando.

A menina foi parar na delegacia depois de ter participado de um latrocínio ao lado do namorado. Um taxista foi abordado pelo casal, mas reagiu e foi assassinado a tiros. A adolescente, que teria testemunhado o crime, foi detida.

Na delegacia, chegou a ser presa em uma cela e liberada depois de afirmar ser menor. Em seguida, foi abordada pelo primeiro agressor.

Segundo denúncia da adolescente, o primeiro estupro aconteceu no banheiro da delegacia. O escrivão Espírito Santo pediu para que a jovem entrasse no local enquanto aguardava pela chegada dos parentes. Depois de ser violentada, ela teria sido conduzida para a viatura por Rocha, para levá-la para sua cidade natal, Redenção.

No caminho, o investigador fez uma parada no hotel e a estuprou pela segunda vez, diz a jovem. Outro investigador, de nome Nelson, estava na viatura, mas não teve participação no abuso, segundo investigação policial. Antes da viagem, um quarto policial, Rodrigo Paiva Barros, ainda pediu R$ 5 mil a um tio da jovem para liberá-la.

Denúncia

Os crimes foram denunciados pela adolescente à polícia de Redenção. A delegada responsável pelo caso, Dinilda Ferreira Costa, não considerou necessário afastar os acusados do serviço. Para o delegado-geral, Rilmar Firmino, todas as providências para a apuração dos fatos foram tomadas.

Nenhum dos policiais citados relatou o caso ao Conselho Tutelar ou ao Ministério Público Estadual (MPE). Para a promotora Cristine Magela Silva Correia, o silêncio significa omissão. O Estado tentou contato com os acusados, mas eles não aceitaram dar entrevistas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

III Anuário Mineral em Marabá

CAPA- Anuário Mineral 2014Durante a cerimônia de instalação do III Colégio de Presidentes de Subseções da OAB/Seção Pará, realizada na última quinta-feira em Marabá, o presidente do Simineral, José Fernando Gomes Júnior, aproveitou para fazer o lançamento presencial da terceira edição do Anuário Mineral do Pará.

A publicação é uma fonte completa de informações sobre o setor, detalhando o crescimento, balanço de exportações e principais projetos.

Falando em crescimento, a expansão da Sinobras, siderúrgica de aço de Marabá, impactará, positivamente, no surgimento de novo postos de trabalho. Com um incremento de cerca de 360 mil toneladas de aço, alcançando cerca de 800 mil toneladas por ano, a companhia gerará 1.750 empregos diretos e 10.500 indiretos.

Mais um advogado é assassinado no Pará

OAB protesta, e lembra que é o nono caso desde 2011

Na noite desta quinta-feira (3/4), George Antônio Machado foi mais uma vítima da violência contra advogados no Pará. Dois homens em uma moto o executaram a tiros e estão foragidos. George era carioca, casado, tinha 53 anos, dois filhos também advogados, e morava em Parauapebas. O crime ocorreu em Marabá, onde estão reunidos os presidentes das subseções da Ordem dos Advogados do Brasil.

De julho de 2011 até a data de hoje, foram assassinados naquele estado nove advogados.

O presidente da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, divulgou a seguinte declaração:

“Mais uma barbaridade contra um colega advogado, nova crueldade que choca e indigna nossa classe e também a sociedade. A OAB exige que os órgãos de segurança elucidem rapidamente este e outros crimes, com punição exemplar dos envolvidos”.

Leonardo Accioly, presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas da OAB, também comentou o assassinato:

“É mais um crime que escancara a fragilidade institucional que o Pará atravessa. Quando se atinge o advogado, é um duro golpe na democracia e no direito à defesa. E é justamente por se tratar de um advogado que se presume um atentado em razão da profissão exercida. Trataremos do tema no Encontro Nacional de Prerrogativas, que se inicia no próximo dia 9 de abril”, adiantou.

O procurador Nacional de Defesa das Prerrogativas da OAB, José Luis Wagner, defendeu a hipótese de intervenção da União no estado:

“Este novo crime contra um colega impõe ao governo estadual que reconheça a necessidade de pedir ajuda federal para enfrentar a situação de violência desenfreada existente no Pará”, afirmou.

Recentemente, Marcus Vinicius Furtado Coêlho esteve no Pará, juntamente com a Comissão Nacional e a Procuradoria de Defesa das Prerrogativas. Na ocasião, foi discutida a questão da segurança pública no estado – em especial no tocante aos advogados – e propostas medidas em conjunto com o governo estadual.

Nota da OAB – Subseção Parauapebas

A Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/PA Subseção de Parauapebas, Estado do Pará, vem a público manifestar em nome de toda a Ordem dos Advogados, o mais profundo pesar pelo falecimento do causídico George Antônio Machado, inscrito na OAB/PA 9.706, nesta quinta-feira (03/04/2014), vítima de homicídio, ao tempo em que presta condolências aos familiares, colegas e amigos enlutados pela irreparável perda.

Neste ato, declaro luto de 03 dias em homenagem aos dedicados serviços prestados à sociedade e á OAB de Marabá e Parauapebas-PA.

Deivid Benasor da Silva Barbosa
Vice Presidente da OAB/PA – Subseção de Parauapebas-PA.
Presidente em Exercício.

Marabá: Shopping Pátio Marabá divulga horário de funcionamento durante feriados

imagem_1279630740O Shopping Pátio Marabá divulga os horários especiais de funcionamento durante os feriados do mês de abril, período em que ocorre o aniversário de Marabá, a celebração da Páscoa e o Dia de Tiradentes. A programação obedece acordo coletivo vigente firmado junto ao Sindicato dos Comerciários. Confira a programação completa abaixo:

  • 05 de Abril (sábado) – Aniversário de Marabá
    Lojas abrem das 14h às 20h.
    Operações de alimentação, lazer e cinema abrem das 12h às 22h.
  • 18 de Abril (sexta) – Paixão de Cristo
    Lojas não irão funcionar.
    Operações de alimentação, lazer e cinema abrem das 12h às 22h.
  • 19 de Abril (sábado)
    Lojas abrem normalmente das 10h às 22h.
    Operações de alimentação, lazer e cinema abrem das 10h às 22h.
  • 20 de Abril (domingo) – Páscoa
    Lojas abrem das 14h às 20h.
    Operações de alimentação, lazer e cinema abrem das 12h às 22h.
  • 21 de Abril (segunda) – Tiradentes
    Lojas abrem das 14h às 20h.
    Operações de alimentação, lazer e cinema abrem das 12h às 22h.

Secretário vai propor que Vale reveja decisão que deixou Marabá sem show do 25º Prêmio da MPB

O post “Marabá não receberá 25º Prêmio da Música Popular Brasiliera esse ano”, publicado há pouco, colheu pertinente comentário do Secretário de Cultura de Marabá, Sr. Cláudio Feitosa. Insatisfeito com o fato, Feitosa promete protestar para que a Vale reveja os locais onde acontecerão os shows do 25º Prêmio da Música Popular Brasileira. Confira o que disse o secretário:

Cláudio FeitosaEsse prêmio consome 20 milhões em incentivo fiscal. Serve basicamente pra que uns 50 músicos conhecidos falem bem da Vale. Os burocratas ficam no Rio de Janeiro decidindo coisas da produção cultural, só com a visão de marketing. É nisso que dá!

Estamos oficializando nossa discordância, deixando claro que sempre que a Vale se propõe a nos ajudar, aplaudimos. Mas, não deixamos por menos, quando nossos interesses são contrariados. Sobretudo quando nos deparamos com esse tipo de postura que denota total insensibilidade. Vamos propor à Vale que reveja essa decisão. Belém e São Luís só ficam com os bônus da mineração.